O negócio corria bem, com sala cheia e encomendas pontuais aos fins de semana, mas tal como no mundo inteiro, a covid-19 chegou e congelou a rotina também no YevgenSushi, em Leiria.

Habituados ao serviço presencial, com tempo para confecionar e servir a experiência japonesa do peixe fresco, Yevgen Onyshchenko e Alina Kostrytsya sabiam que o momento era de reinvenção. Duas semanas de portas fechadas foi o suficiente para que transformassem o seu já bem-sucedido take away em porta de entrada para uma nova fase, onde chegaram a recusar pedidos durante o ponto mais alto do estado de emergência.

Ter que repensar o modelo que em 2020 completa cinco anos, serviu para colocar em prática o projeto que já vinha sendo adiado pelo casal. “Antes disto começar nós tínhamos planeado abrir um take away, mas nunca tínhamos tempo”, lembra Alina, mulher e braço direito do sushichef que dá nome ao espaço capaz de sentar 30 pessoas nos moldes convencionais. “O coronavírus veio e conseguimos ver a procura das pessoas, como estão interessadas e querem alguma coisa diferente”.

O serviço presencial deixou de ser prioridade no YevgenSushi Foto: Visitfoods

A funcionar com a equipa inteira durante toda a pandemia, os proprietários optaram por focar a atenção no levantamento de sushis e sashimis no próprio restaurante, fazendo inclusive com que os pedidos de delivery através de aplicações – e com taxas mais elevadas – tivessem pouca relevância.

“Começamos a trabalhar mais nas redes sociais e teve um impacto diferente e maior”, conta a gerente e proprietária, antes de falar sobre o novo formato de compra, onde limitam a 30 o número de encomendas por turno. “Foi um sucesso”, resume. “Houve muita procura e muitos clientes novos que adquiriram os nossos produtos”, completa, ao reconhecer que em alguns momentos o stock de peixe vindo da Nazaré e a capacidade de resposta da equipa não foram suficientes.

“Não conseguimos responder a todos, com muita pena”, lamenta a sócia. A justificação, todavia, tem como base o conceito que conquistou a clientela em busca do pescado cru mais tradicional: “Nós não funcionamos como McDonald’s. É um trabalho que demora mais tempo a fazer”, sublinha Alina, que diz ainda não saber quando e se devem reabrir as portas para o serviço modelo anterior. “Para receber dez pessoas não sei se vai rentabilizar”, pondera, com base nas novas normas da Direção-Geral de Saúde para a restauração. Mas isto não parece ser um problema. “Neste momento é preciso trabalhar de outra maneira”, atesta, satisfeita com as encomendas que não param de chegar.

YevgenSushi

Av. Eng. Adelino Amaro da Costa, lote 2, loja 1, Leiria
Telefone 911 934 404
Funcionamento Das 12 às 14h e das 18h às 21h. Encerra às segundas e aos domingos ao jantar
Preço médio 25 euros

Artigo publicado na edição de 21 de maio de 2020 do REGIÃO DE LEIRIA