“Seria de uma irresponsabilidade imensa da minha parte ter deixado abrir o mercado”. Quem o afirma é Clarisse Bento, delegada de saúde da Marinha Grande, que garante não ter tido alternativa ao chumbo da reabertura do mercado municipal, ditado na tarde da última sexta-feira, dia 15, após uma vistoria ao local.

Artigo exclusivo para os nossos assinantes

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar