As Grutas de Mira de Aire, em Porto de Mós, juntaram-se a um movimento internacional para o reconhecimento, pela UNESCO, do dia 6 de junho como Dia Internacional das Grutas e do Mundo Subterrâneo.

Este dia já é, normalmente, um dia de celebração dentro da indústria das grutas, mas agora os Membros da Associação Internacional das Grutas Turísticas (ISCA) e entusiastas de grutas por todo o mundo querem ir mais além e oficializar a data.

Nos Estados Unidos da América o 6 de junho é conhecido como o Dia Nacional das Grutas e Karst e no resto do mundo serve para “chamar a atenção para a maravilha e importância das grutas e das paisagens cársicas”, explica a entidade responsável pelas Grutas de Mira de Aire em comunicado.

O reconhecimento da data pela UNESCO é ainda uma forma de “aumentar a consciência da importância das grutas para o ambiente, cultura, história e economia”, acrescenta.

Este ano, a ISCA aproveita a data para chamar a atenção para as consequências económicas provocadas pela covid-19 nas grutas turísticas.

Esses espaços estão já a reabrir, cumprindo as novas medidas de segurança para prevenção do contágio pelo novo coronavírus.

No caso das Grutas de Mira de Aire, consideradas em 2010 uma das “Sete Maravilhas Naturais de Portugal”, a entidade gestora diz que desde o dia 14 de março, data em que encerraram, até ao momento já perderam mais de 30 mil visitantes. A nota enviada às redações avança ainda que durante “mais de dois meses”, as grutas sofreram uma “limpeza profunda e desinfeção”.

De agora em diante, os visitantes, em grupos de, no máximo, 15 pessoas, terão obrigatoriamente de usar máscara e à entrada da gruta serão disponibilizadas luvas descartáveis.

Entre as medidas implementadas nas Grutas de Mira de Aire estão também a criação de tapetes sanitários, à entrada da gruta e do auditório, e a instalação de uma máquina de vaporização para desinfeção das mãos.

No ano passado, as grutas em Porto de Mós, num estudo realizado pelo motor de pesquisa Jetcost.pt, foram consideradas uma das 20 mais bonitas do mundo.