Um homem de 51 anos foi detido na quinta-feira, na Batalha, por suspeita de agredir física, verbal e psicologicamente a mulher, durante uma relação de 31 anos.

Segundo comunicado da GNR de Leiria,  o Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) apurou que o agressor ameaçou de morte de forma reiterada a vítima, “muitas vezes com recurso a uma catana”.

A investigação, que decorreu no último mês, revela ainda que o indivíduo acentuou o seu comportamento violento e agressivo para com a vítima, de 50 anos, e que terá ainda infligido “maus-tratos verbais, psicológicos e ameaças de morte ao seu filho, de 20 anos”, causando a ambos “um estado de medo e ansiedade”.

Na sequência da detenção, concretizada através de mandado judicial, a GNR apreendeu uma catana e uma pressão de ar.

Presente ao Tribunal Judicial de Leiria, o arguido ficou a aguardar julgamento em liberdade, com obrigatoriedade de apresentações diárias no posto policial da sua área de residência. O indivíduo está ainda proibido de contactar com a vítima, de frequentar estabelecimentos de venda de bebidas alcoólicas, de comprar álcool, e de usar qualquer tipo de arma.