O Tribunal de Leiria começou hoje a julgar um homem acusado dos crimes de abuso sexual sobre a filha de 4 anos e de violação sexual e violência doméstica sobre a mulher, em Peniche.

Por se tratar de crimes de teor sexual, o julgamento vai decorrer à porta fechada, sem a presença de assistência.

Fonte judicial disse à agência Lusa que o arguido, de 29 anos, está acusado de dois crimes de abuso sexual agravado sobre a filha, um crime de violência doméstica e dois de violação sexual sobre a mulher.

O suspeito foi detido em novembro de 2019 pela Polícia Judiciária (PJ) fora de flagrante delito.

A detenção ocorreu depois de uma queixa apresentada pela mulher na GNR de Peniche, no distrito de Leiria, depois da prática recente dos factos.

Após a queixa, a PJ reuniu provas de que o homem terá praticado atos sexuais com a sua filha de 4 anos, sujeitando-a a maus tratos físicos e psicológicos.

A mãe da criança era também vítima de crimes de violência doméstica de forma continuada, sendo obrigada também a práticas sexuais por meio de maus tratos físicos e psicológicos.