A Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) alertou população esta quinta-feira, dia 30, para “falsos telefonemas que estão a ser realizados em nome do instituto público e evocando o rastreio do cancro da mama”.

As denúncias recebidas no gabinete do cidadão da ARSC dão nota que “os telefonemas estão a ser feitos por pessoas do sexo feminino, que se apresentam como responsáveis pelo rastreio do cancro da mama”.

“Durante os telefonemas são pedidas informações relacionadas com pormenores de roupa interior e fotos”, alerta a ARSC em comunicado.

A ARSC informa “as cidadãs e os cidadãos que a convocatória para o rastreio do cancro da mama, da sua responsabilidade e da Liga Portuguesa Contra o Cancro, não se processa telefonicamente, pelo que qualquer contacto que venham a receber por essa via é falso e deve ser denunciado junto das autoridades”.