A Igreja de São Pedro foi remodelada e equipada para ser um novo palco em Leiria dedicado à cultura Foto: Joaquim Dâmaso

Um ciclo de concertos de música antiga assinala a reabertura ao público com programação, na quinta-feira, 24 de setembro, da Igreja de São Pedro, único templo de arquitetura românica que resta no concelho de Leiria.

Construída no final do século XIII e Monumento Nacional desde 1910, a capela que está no morro do Castelo de Leiria passou, para lá do serviço religioso, por diferentes usos ao longo dos séculos, servindo de celeiro, prisão ou teatro.

O edifício foi requalificado nos últimos meses, numa intervenção que custou 370 mil euros e que contou com financiamento comunitário.

Segundo a vereadora da Cultura do município de Leiria, a intervenção visou “disponibilizar ao público para fruição cultural um espaço classificado como Monumento Nacional e exemplar único de um templo românico no concelho”.

De acordo com Anabela Graça, a capela foi apetrechada com “sistema de som e luminotécnico” para receber espetáculos de índole cultural variada.

A primeira iniciativa que assinala a reabertura está agendada para quinta-feira e integra a programação das Jornadas Europeias do Património: o ensemble “O Bando de Surunyo”, que se dedica ao estudo e divulgação de música ibérica dos séculos XVI e XVII, leva à Igreja de São Pedro “Ũa enselada ibérica”.

O ciclo de música antiga na igreja de Leiria decorre depois até dezembro e será complementado com outra “programação eclética com múltiplas dimensões”, pensada para funcionar “numa dinâmica de confluência com o Castelo e o mimo – Museu da Imagem em Movimento”, instalado ao lado do monumento, explica a vereadora.

O concerto de “O Bando de Surunyo” é às 21 horas desta quinta-feira, com organização do município e do Orfeão de Leiria. A entrada é gratuita, sendo necessário reservar entrada pelo número 244 829 550.

No âmbito das Jornadas Europeias do Património estão agendadas até 27 de setembro dezenas de atividades em monumentos e espaços da região, que podem ser consultadas aqui.