Concerto com António Chaínho marca o regresso da programação cultural de sala na Marinha Grande Foto: Alexandre Nobre

O Teatro Stephens retoma a programação a 11 de setembro, com concerto de monta: o mestre António Chaínho atua na Marinha Grande, com Isabel de Noronha, naquela que promete ser uma noite repleta da tradição do fado.

Mas este é apenas um dos espetáculos que a Casa da Cultura da Marinha Grande tem agendados para os próximos meses.

Após a pausa provocada pela pandemia, a sétima temporada de concertos do Teatro Stephens, na Marinha Grande, começa a 11 de setembro com essa atuação de António Chainho, mestre da guitarra portuguesa, acompanhado pela fadista Isabel de Noronha, a partir das 21h30, com entrada gratuita.

A programação prossegue, depois, com espetáculos como da banda Cais Sodré Funk Connection (19 de setembro), Noiserv (10 de outubro), Concertos para Bebés com Daniel Bernardes (17 de outubro), Dead Combo (25 de outubro) e duas peças de teatro integradas no 25º festival Acaso (22 e 29 de outubro).

Destaque para a presença dos Dead Combo na Marinha Grande, naquela que é a digressão de despedida. O concerto realiza-se à tarde, às 17 horas, e os bilhetes custam 15 euros para aquela que promete ser uma viagem memorável pelos 16 anos de carreira da dupla Pedro Gonçalves e Tó Trip.

O Teatro Stephens acolhe, também, o Concerto para Bebés “Jazz de embalar”, interpretado pelo pianista Daniel Bernardes como solista convidado. Os Concertos para Bebés já são uma tradição em Leiria, mas é a primeira vez que são dirigidos pelo pianista com “total liberdade de imaginação” para criar, refere em comunicado a Câmara Municipal da Marinha Grande, que gere o Teatro Stephens.

O espetáculo acontece no dia 17 de outubro e os preços variam entre 7,50 euros para adulto e bebé, lugares no palco, e 5 euros para a plateia.

A companhia de teatro “O Nariz” também marca presença na Casa da Cultura, a 29 de outubro, às 21h30, com uma adaptação do romance “Dom Quixote” de Miguel Cervantes, por Pedro Wilson. Os bilhetes custam 5 euros.

A programação completa pode ser consultada aqui.

O município da Marinha Grande lembra aos espectadores a obrigatoriedade do uso de máscara durante os espetáculos e a necessidade do cumprimento do distanciamento de dois metros e respeito pelas indicações dadas pelos assistentes de sala do Teatro Stephens.