O leiriense Paulo Reis, técnico nacional de lançamentos e um dos fundadores da Juventude Vidigalense, foi eleito, este sábado, treinador do ano.

A distinção foi entregue pela Associação dos Treinadores de Atletismo de Portugal (ATAP Atletismo), com o apoio da Federação Portuguesa de Atletismo, durante o primeiro Seminário de Treino.

O técnico leiriense, que também recebeu um prémio de melhor treinador no sector dos lançamentos, destacou-se no último ano através dos resultados alcançados por alguns dos seus atletas, nomeadamente, Auriol Dongmo, Eliana Bandeira e Ruben Antunes.

“[Estou] feliz com a iniciativa da ATAP, porque dá oportunidade a levantar a voz coletiva, depois dos sucessos individuais dos treinadores. Tenho de agradecer à minha família, tenho de partilhar o prémio com os atletas que treino e que treinei no passado. Agradecer aos dirigentes, que deram possibilidade à concretização das condições de treino que temos e de conseguir ser treinador a tempo inteiro; aos treinadores e às pessoas da minha equipa”, disse Paulo Reis, que recebeu o prémio das mãos de José Silva, presidente da ATAP.

A cerimónia distinguiu ainda o treinador das Caldas da Rainha, Rui Norte, que recebeu a distinção da velocidade e barreiras, pelas mãos de João Abrantes; Paulo Murta, recebeu a distinção de meio-fundo e fundo, pelas mãos de Carlos Fernandes; Anabela Leite, recebeu a distinção de treinador de atletismo adaptado, pelas mãos de José Lourenço, presidente do Comité Paralímpico de Portugal; e José Uva, recebeu a distinção de saltos e provas combinadas, pelas mãos de João Ganço.

Por fim, foi entregue o Prémio Professor Moniz Pereira, que visa homenagear a carreira, e com o qual foi distinguido o professor Fonseca e Costa.