Assinar


Caldas da Rainha

Detidas duas mulheres suspeitas de maltratar crianças em creche nas Caldas da Rainha

Caso revelado pela GNR, estava a ser investigado há 15 dias.

Duas mulheres foram hoje detidas, no concelho de Caldas da Rainha, suspeitas de maltratar várias crianças numa creche. As vítimas, com idades compreendidas entre os cinco meses e cinco anos, eram sujeitas a maus-tratos físicos.

O caso foi hoje revelado pela GNR e vinha a ser investigado há 15 dias. As autoridades apuraram “que as suspeitas haviam infligido maus-tratos físicos a pelo menos sete crianças”, algumas delas ainda bebés.

As vítimas têm idades compreendidas entre os cinco meses e cinco anos, revela o comunicado da GNR, emitido esta tarde.

As duas mulheres, de 45 e 55 anos de idade, foram detidas esta sexta-feira, pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Comando Territorial de Leiria da GNR.

As suspeitas vão para além dos maus-tratos às crianças da creche. As duas mulheres terão ainda ameaçado as funcionárias da creche, visando impedir a divulgação da situação vivida na instituição.

Segundo a GNR, a duas mulheres agora detidas, “exerciam igualmente um total controlo sob as restantes funcionárias ali existentes, sob coação e ameaças, no sentido de não serem tornados públicos os maus-tratos que haviam praticado aos menores”.

As autoridades revelam ainda que os maus-tratos a que as crianças eram sujeitas “eram muitas vezes presenciados pelas colaboradoras”.

As duas suspeitas deverão ainda hoje ser presentes ao Tribunal Judicial de Leiria para aplicação de medidas de coação.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.