Assinar Edições Digitais
Alcobaça

Empresa recupera pedreiras em Alcobaça e Porto de Mós

Numa área com um hectare, foram plantados 40 sobreiros e carvalhos

A empresa Rafaéis Mármores revelou que é responsável “por cerca de 30% dos 110 hectares recuperados em antigas escombreiras” do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, incluindo nos concelhos de Alcobaça e Porto de Mós.

No Dia da Floresta Autóctone, desenvolveu “uma ação de florestação numa antiga escombreira, em Monsanto, no concelho de Alcanena, no âmbito da sua estratégia ambiental e de promoção da sustentabilidade do sector da pedra natural”, explicou em comunicado.

Numa área com um hectare, foram plantados 40 sobreiros e carvalhos, espécies autóctones, “contribuindo assim para a recuperação de uma zona degradada” que integra o Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros”, adiantou a empresa na terça-feira, dia 24.

Esta iniciativa foi a primeira do género da Rafaéis Mármores no concelho de Alcanena e junta-se às ações desenvolvidas noutros municípios, como Santarém, Porto de Mós, Rio Maior ou Alcobaça.

No conjunto, a empresa “é responsável por cerca de 30% dos 110 hectares recuperados no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros”.

Esta ação contou com o apoio da câmara de Alcanena, da junta de Monsanto e do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.