Uma mulher de 52 anos suspeita de praticar uma burla na compra de uma moto e equipamento de motard, que simulou ter pago, foi detida esta segunda-feira, dia 9, pela Esquadra de Investigação Criminal da PSP de Leiria.

“O crime de burla na compra do motociclo [uma Kawasaki Ninja 900] terá sido efetuado pela mulher na sexta-feira. Através de um discurso de manipulação, mostrou interesse em comprar o motociclo, simulando a transferência do valor acordado, tomando posse do veículo e ausentando-se para parte incerta”, explica a PSP em comunicado.

Esta segunda-feira, após a PSP de Leiria ser contactada pela vítima, “houve a notícia de que a mulher que cometera o crime na zona de Seia poderia estar a circular na região de Leiria no motociclo”.

Pelas 13h30, os agentes “intercetaram o referido motociclo a circular entre as cidades de Marinha Grande e Leiria, sendo condutora a suspeita do crime de burla”.

O motociclo e o equipamento motard que a suspeita envergava, também ‘adquirido’ no esquema de burla, foram apreendidos. A mulher foi constituída arguida e interrogada no âmbito do inquérito.

A suspeita, acrescenta a PSP, “não é titular de carta de condução e foi detida também por esse motivo, posteriormente libertada e notificada para comparecer na autoridade judiciária competente.