Assinar Edições Digitais
Mercado

Zona industrial da Freixianda com 19 lotes custa 4,5 milhões de euros

A AAEF representa um investimento de 4,5 milhões de euros

A Câmara de Ourém aprovou o projeto de execução da Área de Acolhimento Empresarial de Freixianda (AAEF), num espaço com 11 hectares, junto à Estrada Nacional 356, que contempla a criação de 19 lotes destinados a indústria ou armazéns.

A AAEF representa um investimento de 4,5 milhões de euros e o projeto será agora submetido a uma candidatura de fundos comunitários para parques industriais.

O processo de aquisição dos terrenos do futuro loteamento industrial de Freixianda já está em curso, prevendo-se um investimento municipal de sensivelmente 600 mil euros.

O projeto foi aprovado pelo município na quarta-feira, dia 28, e “constitui um passo fundamental para a concretização de um projeto estruturante para o desenvolvimento da zona norte, mas também de todo o concelho”.

A AAEF pressupõe a construção de uma rotunda de acesso a esta nova infraestrutura, numa zona considerada de baixa densidade.