Assinar


Sociedade

Mau tempo: Leiria entre os distritos sob aviso amarelo

Em Leiria o aviso para a agitação marítima é entre as 21 horas horas de sexta e as 9 horas de sábado

Mar agitado

Uma dúzia de distritos vão estar a partir de hoje e até domingo sob aviso amarelo por causa da chuva e da agitação marítima, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Leiria é um dos casos que fica em alerta por conta de ondas que podem chegar aos cinco metros de altura.

Segundo a informação hoje divulgada pelo IPMA, o aviso amarelo por causa da chuva, que por vezes será forte, vai vigorar nos distritos de Viseu, Porto, Vila Real, Viana do Castelo, Aveiro e Braga a partir das 18:00 de hoje e até às 03:00 de sábado.

Já sob aviso amarelo por causa da agitação marítima, com ondas de noroeste que podem chegar aos cinco metros, estarão no fim de semana os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro (Costa Ocidental).

Nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa, o aviso é entre as 21:00 de hoje e as 09:00 de sábado.

Nos distritos de Setúbal, Beja e Beja, o aviso vai vigorar entre asc06:00 de sábado e as 09 de domingo.

Os avisos do IPMA variam entre o vermelho (o mais grave), o laranja e o amarelo. Este último significa que se está perante uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica e que a população deve acompanhar a evolução das condições meteorológicas.

O IPMA prevê para hoje precipitação nas regiões Norte e Centro, em especial no Minho e Douro litoral a partir da tarde. O vento será mais intenso nas terras altas e no litoral oeste e haverá neblina ou nevoeiro matinal.

Quanto a temperaturas, as mínimas vão variar entre os 0º (Bragança) e os 11º (Viana do Castelo e Porto) e as máximas entre os 7º (Guarda) e os 17º (Faro e Leiria).

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.