Assinar


Cultura

Museu de Leiria recebe dois prémios e duas menções honrosas da APOM

Também o Museu da Comunidade Concelhia da Batalha e o Museu do Santuário de Fátima foram premiados.

A pandemia impediu a realização da habitual cerimónia de entrega dos prémios da Associação Portuguesa de Museologia (APOM), mas nem por isso as instituições museológicas de Portugal deixaram de ser reconhecidas.

Foi através de um vídeo partilhado nas plataformas digitais que a APOM divulgou as 86 instituições premiadas, entre elas o Museu de Leiria, que recebeu dois prémios e duas menções honrosas.

Entre as 32 categorias a concurso, a instituição museológica de Leiria foi premiada nas categorias “Menção Especial” e “Trabalho de Museologia” com a exposição temporária “Plasticidade – Uma História dos Plásticos em Portugal”.

Já no que diz respeito às menções honrosas, o Museu de Leiria foi distinguido nas categorias “Intervenção em Conservação e Restauro” e “Exposição Temporária” com a exposição que decorre sobre plásticos.

A mostra está patente no Museu de Leiria e no Centro de Interpretação Ambiental de Leiria até 30 de junho de 2021, e pode ser visitada todos os dias, entre as 09h30 e as 17h30.

Num comunicado enviado às redações, a vereadora da Câmara de Leiria Anabela Graça considera que os prémios conquistados pelo Museu de Leiria “têm a maior importância para a valorização e desenvolvimento do trabalho cultural de Leiria”.

“A relevância da atividade do Museu de Leiria tem sido reconhecida com sucessivos prémios nacionais, mas também internacionais, o que nos faz acreditar que estamos no bom caminho”, conclui.

Ainda na região de Leiria, o Museu da Comunidade Concelhia da Batalha recebeu o galardão “Menção Especial” e o Museu do Santuário de Fátima foi premiado na categoria “Intervenção em Conservação e Restauro” com o trabalho realizado no Manto da Rainha D. Amélia.

Os vencedores foram selecionados entre 208 candidaturas. No vídeo que substitui a cerimónia, a ministra da Cultura, Graça Fonseca, deixa uma mensagem: “Estes prémios demonstram a pluralidade e valências de recursos das instituições museológicas”, afirma.

A governante congratula ainda os museus pelo “dinamismo e criatividade, nomeadamente no que diz respeito à capacidade de adaptação à situação pandémica que hoje se vive”.

Esta foi a 25ª edição dos prémios APOM e diz respeito a projetos concretizados exclusivamente em 2019. A associação existe desde 1965 pelo que completou 55 anos em 2020.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.