Assinar
Mercado

Empresa brasileira vence programa de aceleração da StartUp Leiria

A Soul.Med desenvolveu uma plataforma que conecta pacientes e médicos para simplificação do acesso à saúde

Uma empresa brasileira da área da saúde venceu o terceiro programa de aceleração da StartUp Leiria, que contou com cinco participantes no “demo day”, o evento final desta iniciativa, anunciou esta sexta-feira, dia 15, a organização em comunicado.

A vencedora, a Soul.Med, “desenvolveu uma plataforma que conecta pacientes e médicos para simplificação do acesso à saúde, e pretende internacionalizar a sua solução para Portugal e para a Europa”, explica o comunicado.

A startup “conta com o apoio da inteligência artificial na sua webapp e faz uso da telemedicina para fomentar uma relação mais próxima com o médico, permitindo um melhor acompanhamento e preços mais competitivos para o paciente, comparado com soluções existentes”, adianta.

“É uma grande honra termos sido vencedores do terceiro programa de aceleração da StartUp Leiria, em Portugal. Valeu pelo melhor prémio que foram as mentorias de internacionalização da nossa startup para o mercado da saúde europeu. Esperamos que seja o primeiro passo de uma jornada produtiva”, reagiu o CEO da CEO da Soul.Med, Alcides Simioni, no Linkedin, dando “os parabéns à equipa e aos parceiros da Soul.Med”.

A Soul.Med apresenta-se como “uma startup de meio de pagamento, focada em prestadores de serviços na área de saúde e bem-estar. Tem a função de proporcionar ao cliente a oportunidade de ter um atendimento médico de qualidade por um valor acessível”.

As inovações como machine learning, Internet das Coisas, big data e inteligência artificial são tecnologias emergentes que envolvem o conceito de Saúde 4.0. “Podem ser usadas para gerir processos médicos de forma mais efetiva e personalizada, o que afeta os modelos de negócios. A Saúde 4.0 prevê a interconetividade de máquinas, bancos de dados mais eficientes e maior autonomia do paciente em relação à própria saúde”, explica a empresa brasileira.

A Soul.Med “está no mercado em busca de soluções que reduzam custos, automatizem processos e aumentem a satisfação e segurança do paciente”.

O júri do programa de aceleração decidiu ainda distinguir com uma menção honrosa a Nom Nom Games, constituída em Leiria em 2017, pelo seu projeto focado em advergames, experiências interativas e publicidade não-intrusiva.

O júri, constituído por profissionais da área de inovação, por parceiros e investidores, “avaliou as competências adquiridas pelos finalistas e destacou os projetos mais interessantes e inovadores”. A seleção teve a contribuição de Maria Eduarda Fernandes (presidente da StartUp Leiria), Susana Rodrigues (diretora executiva da Leiria Business School), David Carvalhão (BoardadvisorB11 Top Talents) e João Cardoso (CEO da Lovys).

Segundo a organização, “concretizou-se o objetivo principal deste programa: reforçar o ecossistema de inovação da região de Leiria e ajudar as empresas participantes a aumentar vendas, expandir investimentos, ajustar estratégias e profissionalizar as suas operações e conexões”.

Em novembro de 2020, a incubadora IDDNET e a aceleradora StartUp Leiria fundiram-se, “para melhor servir o ecossistema de empreendedorismo e inovação na região”, passando a utilizar a designação StartUp Leiria.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.