Assinar Edições Digitais


Ourém

Ourém vai requalificar via que liga principal zona industrial do concelho ao IC9

O investimento, a suportar pelo Município, ronda 1,8 milhões de euros. O prazo de execução é de um ano

Vista sobre a cidade de Ourém

A requalificação da via que liga a principal zona industrial do concelho de Ourém ao nó do Itinerário Complementar 9 (IC9) está prestes a iniciar, rondando o investimento 1,8 milhões de euros.

“Trata-se da requalificação de cerca de dois quilómetros, que inclui a construção de uma rotunda no acesso à zona industrial [de Casal dos Frades, em Seiça] e essa futura rotunda vai ligar diretamente ao nó do IC9 mais próximo da cidade de Ourém”, afirmou Luís Albuquerque, presidente da Câmara de Ourém.

Segundo o autarca, atualmente a via tem de plataforma 5,5 metros e vai passar a ter cerca de sete, além de “passeios, iluminação adequada, mobiliário urbano, ilhas ecológicas e saneamento”.

“A Zona Industrial de Casal dos Frades tem uma ETAR [estação de tratamento de águas residuais] própria, mas as habitações nas imediações ainda não têm ligação ao saneamento”, precisou.

Para Luís Albuquerque, esta é “uma obra muito importante para a população, que vai ter saneamento, e vai aumentar em muito a segurança de quem mora e de quem recorre à zona industrial”. “As empresas ganham uma via mais rápida para poderem chegar a um importante itinerário, o IC9”, prosseguiu.

“A requalificação deste troço é a primeira fase do que se quer fazer no futuro em toda a via, que era a estrada nacional 356 que atravessa o concelho desde a Freixianda, de forma a tornar mais rápido o acesso ao norte” do município, acrescentou o presidente da Câmara.

De acordo com uma nota de imprensa da autarquia, a obra “pretende criar as condições necessárias de mobilidade e segurança aos empresários instalados na Zona Industrial de Casal dos Frades, assim como aos automobilistas e peões que transitam nesta via, que é também um dos principais acessos à sede” do concelho.

A obra, consignada esta semana à empresa “Lena Engenharia e Construções, SA”, tem um prazo de execução de um ano, sendo investimento feito com financiamento municipal.

Com redação

Fotografia: CMO

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.