Assinar
Peniche

Tribunal determina o internamento de mulher suspeita de violência doméstica sobre a própria mãe

Arguida padece de psicose esquizofrénica e a prisão preventiva foi substituída por internamento hospitalar

Uma mulher de 42 anos, suspeita de agredir e a ameaçar a mãe, vai aguardar o desenrolar do caso em prisão preventiva que foi substituída por internamento hospitalar.

Indiciada da prática do crime de violência doméstica agravada contra a própria mãe, de 83 anos, a mulher foi sujeita a primeiro interrogatório judicial.

O caso foi investigado pelas autoridades de Peniche e o Ministério Público da secção de Peniche do DIAP da comarca de Leiria apresentou a suspeita a primeiro interrogatório judicial, no dia 21 de janeiro, revela uma nota da Procuradoria da Comarca de Leiria hoje divulgada.

O tribunal “considerou fortemente indiciado que a arguida, que padece de psicose esquizofrénica e é consumidora diária de bebidas alcoólicas, molestou física, verbal e psicologicamente a vítima, no interior da residência comum”, adianta a mesma nota.

O caso refere-se a factos foram cometidos entre novembro de 2019 e 15 de janeiro de 2021. Nesse período, revela a Procuradoria da Comarca de Leiria, “a arguida, diariamente, exigia que a mãe lhe entregasse dinheiro para comprar bebidas alcoólicas”. Acresce que sempre que a mãe recusava ceder às exigências, a filha “desferia-lhe empurrões e partia diversos objetos em casa”.

“Para além disso, a arguida também insultava a vítima, puxava-lhe os cabelos, torcia-lhe os braços, desferia-lhe murros, apontava-lhe facas, ameaçava matá-la e atingiu-a na cara com um balde contendo fezes”, revela ainda a nota da Procuradoria da Comarca de Leiria hoje divulgada.

O Tribunal determinou “que a arguida aguardasse os ulteriores termos do processo em prisão preventiva, substituída por internamento preventivo em hospital psiquiátrico ou similar”.

A investigação é dirigida pelo Ministério Público da Unidade Local de Peniche do DIAP da Comarca de Leiria, com a coadjuvação da PSP da Esquadra de Peniche.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.