Assinar
Alcobaça

A nova diretora-geral da Volkswagen Portugal é do concelho de Alcobaça

Marília Machado dos Santos é natural de Pataias e era até agora “brand manager” da Citroën Portugal

A nova diretora-geral da Volkswagen em Portugal, Marília Machado dos Santos, é natural de Pataias, no concelho de Alcobaça, e era até agora “brand manager” da Citroën Portugal.

A pataiense estava na PSA Portugal antes de ser contratada pela SIVA e substitui Licínio de Almeida, informou em comunicado a distribuidora nacional do grupo Volkswagen.

Com perto de 20 anos de experiência no sector automóvel, “passa agora a conduzir os destinos da Volkswagen, representada em Portugal pela SIVA, com o desafio de reforçar a posição da marca no mercado português”, refere o comunicado, datado de segunda-feira, dia 15.

Este trabalho deverá acontecer “em estreita parceria com a rede de concessionários”, adianta.

Marília Machado dos Santos é licenciada em ciências matemáticas, tem um mestrado em estatística e gestão da informação, e estreou-se no sector automóvel em 2002 na área do marketing de produto, tendo desempenhado funções na Automóveis Citroën.

Em 2008 trocou a PSA pela Fiat Chrysler Automobiles (FCA), ocupando o cargo de “senior product manager”. Ainda na FCA, em 2011, tornou-se “brand manager” das marcas Alfa Romeo e Lancia.

Em 2015 regressou ao grupo PSA Portugal, como diretora de marketing da Citroën e da DS, assumido, três anos mais tarde, a direção comercial.

Já em 2019, foi promovida a “brand manager” da marca francesa no mercado nacional, função que desempenhava até agora.

A SIVA distribui as marcas Volkswagen, Audi, Seat, Škoda, Bentley, Lamborghini, Volkswagen Veículos Comerciais e Cupra em Portugal.

Desde 2019 que integra o universo da Porsche Holding Salzburg, a maior empresa europeia de distribuição automóvel, subsidiária a 100% do grupo Volkswagen.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.