Assinar Edições Digitais
Ambiente

Campanha de reciclagem de garrafas entrega donativos a instituição de Pombal

As grandes superfícies receberam mais de 12 milhões de embalagens de bebidas em plástico

A Cooperativa Ensino Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Pombal (CERCIPOM) foi eleita pelos consumidores de um conjunto de grandes superfícies para receber donativos no âmbito do projeto “Quando do Velho se Faz Novo, Todos Ganham. Ganha o Planeta”, que esta segunda-feira, dia 22, entra na segunda fase, depois da etapa de recolha de embalagens de plástico para reciclar.

As grandes superfícies comerciais em Portugal continental envolvidas no projeto receberam, desde março 2020, mais de 12 milhões de embalagens de bebidas em plástico em 23 máquinas de recolha automática, para serem recicladas e darem origem a novas garrafas.

A partir de agora e até ao próximo dia 15 de setembro, o projeto-piloto “Quando do Velho se Faz Novo, todos ganham. Ganha o Planeta!” entra numa fase exclusiva para donativos às instituições de apoio social selecionadas.

A CERCIPOM, uma das 23 instituições selecionadas a nível nacional, uma por cada máquina instalada de norte a sul do país (no caso da região, no Continente em Leiria), apoia pessoas com deficiência e incapacidades, promovendo a autonomia pessoal, social e profissional dos seus clientes, através de um serviço individualizado e abrangente.

A instituição oferece os seguintes serviços: centro de atividades ocupacionais, lar residencial, centro de formação profissional, centro de recursos terapêuticos, piscina (aberta à comunidade), intervenção precoce e centro de recursos para a inclusão.

Ainda quanto à primeira fase, com uma média de 39 mil embalagens devolvidas por dia, das quais 66% tinham capacidade acima dos 0,5 litros, foram recolhidas 350 toneladas de PET para reciclagem.

Os prémios dados em talão para serem utilizados em compras atingiram os 500 mil euros, enquanto o valor de donativos nas 23 máquinas foi de 10 mil euros.

O projeto-piloto é gerido por um consórcio composto pela Associação Águas Minerais e de Nascente de Portugal, Associação Portuguesa das Bebidas Refrescantes Não Alcoólicas e Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição.

É financiado a 100% pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e da Ação Climática, num montante de 1,655 milhões de euros.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.