Assinar
Ansião

Covid-19: Jovem lança campanha para ajudar vítimas da atual crise

“A pandemia veio mostrar que está na altura de sermos uma comunidade”, diz João Pedro Medeiros

Um jovem de 28 anos, de Ansião, decidiu disponibilizar-se para ajudar a sociedade da freguesia de Avelar, na sequência da Covid-19, e, em quatro dias, até esta quinta-feira, dia 11, deu apoio a seis famílias.

José Pedro Medeiros apercebeu-se de que a pandemia estava a aumentar as dificuldades de muitas pessoas, que têm vergonha de pedir ajuda, disponibilizou auxilio através da sua página de Facebook e já deu apoio a seis famílias, oferecendo medicamentos e bens alimentares.

“Estou a colocar-me numa posição que não gosto e a ter visibilidade por algo que não gosto. Estou a dar a cara porque sei que há muitas pessoas que precisam de ajuda e por vergonha não pedem.

Há instituições no concelho que têm soluções e iniciativas de louvar mas, infelizmente, temo não terem capacidade para o que aí vem ou, por vezes, simplesmente não têm o conhecimento de todos os que precisam”, escreveu o jovem.

Na sua perspetiva, “a Covid-19 veio mostrar que enquanto funcionarmos só como sociedade não temos qualquer hipótese, por isso está na altura de agir e de sermos uma comunidade. Temos de parar de ser reativos, inteligentes e planearmos à frente mais que nunca”.

“Vem aí uma crise muito grande num país que não tem condições de a suportar. Está na altura de pararmos de criticar o Governo, se não gostam tentem fazer algo diferente”, salienta José Pedro Medeiros, “preocupado e expectante” com o resultado da iniciativa, porque tem “a ideia de que os pedidos de ajuda vão disparar.

Segundo José Pedro Medeiros, “as instituições fazem um trabalho louvável, mas não conseguem chegar àquelas pessoas que não pedem ajuda. Há muita vergonha e é preciso fazer um trabalho de porta-a-porta”.

O anúncio do jovem voluntário depressa captou a atenção de outras pessoas que se ofereceram para estar ao seu lado nesta ajuda. Consciente da importância de preservar o anonimato, está “disponível para ir a casa das pessoas deixar um saco de compras durante a noite, para que ninguém se aperceba da ajuda”.

José Pedro Medeiros prevê distribuir, no fim-de-semana, panfletos com informação sobre o projeto e o seu contacto [telefone 927473145 e email zepedro.medeiros@gmail.com] para que todos saibam onde podem procurar ajuda.

“Se não precisam de nada, podem indicar alguém que conheçam. Temos sistemas implementados que permitem toda a confidencialidade”, afirma, destacando que o foco, “por questões de organização e gestão de esforço, é ajudar famílias antes que elas cheguem ao limite”.

“Desta forma, ajudamos mais famílias sem esgotar a nossa capacidade imediatamente enquanto as ajudamos a organizarem-se para que o dia em que não há comida na mesa não chegue. Os casos mais críticos são encaminhados para instituições preparadas para lidar com essas situações”, conclui José Pedro Medeiros.

Com Lusa

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.