Assinar
Bombarral Exclusivo

Pedido de redução de indemnização por morte de bombeira é “insultuoso”

Viviana Dionísio faleceu há 14 anos em serviço. O Estado só quer pagar metade da indemnização e é arrasado pelo tribunal de recurso

Uma bombeira de 29 anos morreu há 14 no combate a um incêndio na serra dos Candeeiros. Até hoje a família não recebeu a indemnização de 200 mil euros decidida pelo tribunal de primeira instância. O Ministério Público recorreu, em nome do Estado, e pediu a redução do valor para metade. “É insultuoso”, clama o tribunal de recurso.