Assinar
Leiria

Rotura do coletor da Aroeira inundou 20 hectares do vale do Lis

A Proteção Civil Municipal agendou uma reunião para esta segunda-feira

O rebentamento da margem do coletor da Aroeira, na manhã deste domingo, dia 21, em Montijos, inundou “20 hectares de terreno” do vale do Lis e “a situação está controlada”, revelou a presidente da União das Freguesias de Monte Redondo e Carreira.

“Neste momento estamos seguros que a situação está controlada, dado que o caudal está em redução. O nosso receio é o facto das pessoas continuarem a deslocar-se ao local, mesmo com os acessos interditados”, disse ao REGIÃO DE LEIRIA Céline Gaspar.

Os campos inundados são o único prejuízo registado até agora. “A gravidade poderá ser maior se as condições meteorológicas se agravarem, mas não se prevê que até amanhã isso aconteça”, frisou a autarca.

Em resultado da inundação de uma área de 20 hectares, “apenas alguns caminhos agrícolas foram afetados e a rua da Junqueira”, adiantou a presidente da união de freguesias. A rua da Junqueira, que liga os lugares de Carreira e de Sismaria mantinha-se cortada pelas 19h20 “devido à subida do nível da água em consequência do rebentamento”.

Ao início da tarde, a autarca reuniu em Montijos com representantes da Proteção Civil e o proprietário do terreno confinante, “dado que a maioria da área inundada é apenas de um proprietário”.

“Com a Proteção Civil fomos ao local para averiguar a situação, interditámos os acessos e contactámos as entidades competentes: APA [Agência Portuguesa do Ambiente] e Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Lis. Está agendada uma reunião para esta segunda-feira, às 10 horas”, disse.

Sobre o avanço das obras de reposição do talude, Céline Gaspar adiantou que “a estratégia de intervenção, naturalmente, será totalmente definida na reunião e pelas entidades competentes”.

A reunião foi convocada pela Proteção Civil Municipal de Leiria, em articulação com a União das Freguesias de Monte Redondo e Carreira e realiza-se no local do rebentamento.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.