Assinar
Cultura

Descubra o que está previsto na região para festejar o Dia dos Monumentos e Sítios

Visitas guiadas, filmes, entradas livres, lançamentos, exposições e outras atividades animam este fim de semana vários espaços importantes do património da região.

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios 2021 é comemorado a 18 de abril, com um conjunto de atividades em espaços especiais do património do país e também da região, com o tema “Passados complexos – Futuros diversos”. Confira o que está agendado para cá:

Alcobaça

Sábado, 17 de abril, o município promove visitas guiadas ao Mosteiro de Cós, para dar a conhecer esta relíquia cisterciense. Das 9h30 e às 13 horas, sem necessidade de inscrição. Informações: 916 372 131 ou projeto.cozart@gmail.com.

O Museu do Vinho de Alcobaça abre portas a visitas guiadas este domingo, 18 de abril, entre as 10 e as 12 horas. “Joia do Património Vitivinícola Português” é o título da iniciativa e para participar basta aparecer. Informações: 968 497 832 ou e-mail museus@cm-alcobaca.pt.

O Museu Raul da Bernarda convida a conhecer a antiga fábrica Raul da Bernarda, dedicada à louça artística de finais do século XIX até aos anos 50 do século XX. Ali também encontramos vestidos de cena do Rancho do Alcoa, pintados à mão por artistas da fábrica. É no domingo, das 10 às 13 horas. Informações: 968 497 832 ou e-mail museus@cm-alcobaca.pt.

A Central da Confluência dos Rios recebe visitantes no domingo, entre as 10 e as 13 horas, para a visita guiada “A Pequena Central do Alcoa e Baça”, que explicará o surgimento e expansão da eletricidade na cidade. Informações: 968 497 832 ou e-mail museus@cm-alcobaca.pt.

No Mosteiro de Alcobaça, é lançado no domingo, 18 de abril, às 15 horas, o “Projeto de investigação sobre o acervo arqueológico de Vieira Natividade”, no Facebook. Segunda-feira, dia 19, são inauguradas às 15 horas a nova portaria e loja do Mosteiro, que recebe às 16 horas um concerto de música erudita da OPART. Para estes dois momentos é necessária inscrição, que pode ser feita pelo e-mail anapagara@malcobaca.dgpc.pt.

Uma visita virtual dá a conhecer o Mosteiro de Cós, desde a arquitectura à sua história:

O município de Alcobaça convida a conhecer a Mata Nacional do Vimeiro numa visita online:

Parreitas é a herança que ficou da presença dos romanos em Alcobaça. É possível conhecer mais sobre esta história num vídeo do município de Alcobaça:

A história da Padeira de Aljubarrota é sobejamente conhecida, aqui recordada num trabalho multimédia do município de Alcobaça, que destaca também os principais atrativos patrimoniais da povoação que deu nome à padeira:

Alvaiázere

No Museu Municipal de Alvaiázere, domingo, dia 18, às 11 horas, é lançada a publicação “O sítio arqueológico do Algar da Água: resultados de 2017 a 2019”, localizado na serra de Alvaiázere. As inscrições para a sessão de lançamento do livro, de Alexandra Figueiredo, podem ser feitas pelo e-mail caaportugal@outlook.pt. No mesmo dia, às 10 horas, inaugura a exposição “10 anos, 10 imagens”, da Universidade Sénior de Alvaiázere.

Ansião

Sábado e domingo, dias 17 e 18, há visitas livres no Complexo Monumento de Santiago da Guarda, no período 10-13 horas e 14-18 horas.

Domingo, às 11h30, há uma visita virtual ao Centro Etnográfico de Alvorge, apresentado no Facebook do município de Ansião e da Ansião TV. Durante a parte da tarde, entre as 14h30 e 16 horas, há visitas presenciais, que implicam inscrição pelo número 919 222 213.

Batalha

No Mosteiro da Batalha há visitas guiadas no sábado, dia 17, pela manhã, à exposição “Almada Negreiros e o Mosteiro da Batalha“, pelo curador Simão Palmeirim. Já no domingo, dia 18, serão divulgados os resultados do estudo “Mosteiro da Batalha – Monumento vitral para a nossa escola”, através do Youtube e Facebook do Agrupamento de Escolas da Batalha. Ainda domingo, às 18 horas, há conversa online com os investigadores Simão Palmeirim e Pedro Freitas, sobre “Almada Negreiros e o Mosteiro da Batalha – Quinze pinturas primitivas num retábulo imaginado”.

O Museu da Comunidade Concelhia da Batalha propõe conhecer o “Percurso das Três Casas – Passado e futuro”, com visitas a três espaços do património municipal reabilitado, dias 16 (18 horas) e 17 (10 horas). Inscrições obrigatórias: geral@museubatalha.com ou 244 769 878.

“À descoberta de São Mamede – Circuito patrimonial” é a proposta do Museu da Comunidade Concelhia da Batalha para domingo de manhã, a partir 9h30, com visita à Pia do Urso e Grutas da Moeda. Inscrições obrigatórias: geral@museubatalha.com ou 244 769 878.

Bombarral

A Torre dos Lafetás, no Carvalhal, tem longa história (que pode remontar aos século XII). É esse o destaque do Bombarral na comemoração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, com a apresentação de um documentário no domingo, dia 18, às 10 horas, no site do município.

Caldas da Rainha

“O passado e o futuro do Associativismo” é o mote para uma tertúlia online promovida pela União das Freguesias de Caldas da Rainha – Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório, dia 20 de abril, às 18h30, com transmissão pelo Facebook da autarquia.

Figueiró dos Vinhos

Uma visita guiada à requalificada Igreja Matriz de Figueiró dos Vinhos é a proposta para domingo, dia 18, a partir das 9h30. A coordenação está a cargo de Margarida Herdade Lucas, que participou na intervenção realizada neste que é Monumento Nacional desde 1922. Não carece de inscrição, mas é possível obter informações pelo número 236 552 178.

Nazaré

“Todas as Histórias vão dar ao Mar” é o nome do projeto que tem como finalidade a recolha, o estudo e divulgação do Património Cultural do Concelho da Nazaré. Constituído por um conjunto de documentários, fundamentados na vivência, na narrativa histórica e patrimonial, a recolha desses conteúdos pretende constituir-se como um repositório da memória das tradições culturais do Concelho da Nazaré. O município convida a ver três testemunhos orais sobre as “Tradições da Páscoa”:

Leiria

“Pés Descalços e Janelas Descortinadas: Um Caminho no Convento”, exposição de Ana Bonifácio, é inaugurada sexta-feira, 16 de abril, às 18 horas, no Museu de Leiria, integrada na programação da exposição “Plasticidade”.

No Castelo de Leiria, em fase final de reabilitação, sábado, 17 de abril, às 10 horas acontece “Nem só de pedras se constrói um castelo” programa que convida à partilha de bons momentos vividos no monumento. A ação decorre no Facebook do Castelo de Leiria.

No Centro de Interpretação do Abrigo do Lagar Velho, há visita guiada online às 10h30 de sábado, 17 de abril. Para seguir no Facebook do Museu de Leiria.

Domingo, 18 de abril, ás 10 horas, há visita virtual à exposição “Castelo de Leiria, Construções de Um Lugar” no Facebook do Castelo de Leiria.

Na Maceira, das 10 às 17 horas de domingo, há visitas guiadas “A Indústria do Cimento, a Empreza de Cimentos de Leiria e a Responsabilidade Social”, por iniciativa do Museu do Cimento da Fábrica Maceira-Liz. Inclui visitas dentro do Museu e respetivos núcleos, à pedreira de calcários e parque jurássico. Informações: 914 535 721.

No Moinho do Papel, também domingo, às 10h30, é inaugurada a exposição de ilustração de Daniela Garrido, “Varius”.

E no mimo – museu da imagem em movimento, abre ao público a 18 de abril, às 11 horas, a exposição “Metamorfoses”, com fotografia de Vilma Serrano. Pelas 12h30, há visita virtual ao museu, no Facebook.

Domingo à tarde, o Museu de Leiria apresenta às 14h30 no Facebook o filme do trabalho de investigação de Moreira de Figueiredo, “Cidade de Leiria – Tamanho e Desenho”, que deu lugar a exposição naquele espaço.

Às 16 horas de domingo, também no Facebook do Museu de Leiria é apresentado em visita online o CDIL – Centro de Diálogo Intercultural de Leiria.

Ourém

O Castelo e Paço dos Condes de Ourém estão a ser reabilitados e este domingo mostra-se um ponto da situação da intervenção. É a partir das 13 horas, no Facebook do município de Ourém. No Estaleiro do Castelo” – 18 abril 2021 Iniciativa integrada no programa comemorativo do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, proporcionando uma visita virtual às obras de Reabilitação do Castelo e Paço dos Condes de Ourém.

No Monumento Natural das Pegadas de Dinossáurios na Serra de Aire e Candeeiros, no Bairro, há visitas organizadas pela ADSAICA – Associação de Desenvolvimento das Serras de Aire e Candeeiros para dar a conhecer este que é um dos maiores trilhos de pegadas do mundo deixados pelos dinossáurios saurópodes. A atividade é gratuita e decorre domingo, dia 18 de abril, entre as 10 horas e as 12h30 e requer inscrição pelo e-mail dinossaurios@hotmail.com ou telefone 249 530 160.

Pombal

Uma visita encenada filmada em diferentes espaços do centro histórico de Pombal, assinala a efeméride. Os Marqueses de Pombal convidam o público a descobrir espaços como a Praça Marquês de Pombal, Celeiro do Marquês, Museu de Arte Popular Portuguesa ou Museu Marquês de Pombal. Para ver no Facebook do Museu Marquês de Pombal, a partir das 11 horas de 18 de abril.
Leiria – Pombal – Pombal

Porto de Mós

Sessão de leitura “Noites mágicas – Castelo ao crepúsculo” no Castelo de Porto de Mós, dia 16 de abril, das 19h30 às 22 horas.

Mais informações sobre estas e outras atividades na página oficial do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios 2021.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.