Assinar
Cultura

Peniche cria Prémio Mariano Calado em homenagem ao escritor que lhe dá nome

As candidaturas, nas modalidades de romance, conto e poesia, podem ser enviadas até 11 de junho.

O Dia Mundial do Livro é celebrado hoje, sexta-feira, pela Câmara de Peniche com a criação do Prémio Mariano Calado, aproveitando para homenagear “uma figura incontornável da cultura em Peniche”.

O prémio, de periodicidade bienal, pretende distinguir obras escritas nas áreas da produção literária – poesia, conto, romance – e da produção historiográfica local, em arqueologia, história, história de arte, estudos sobre o património cultural material e imaterial.

Com a criação do Prémio, o município procura, também, “fomentar o gosto pela leitura e pela escrita e apoiar o conhecimento da história local, incentivando e valorizando textos que nos acrescentem enquanto seres pensantes, com identidade, e apreciadores da diversidade cultural e de pensamento”, explicou em comunicado.

Mariano Calado nasceu em 1928 e vive em Peniche desde os dois anos de idade. Reconhecido escritor, destacou-se nas áreas da historiografia local e poesia, contando com 19 livros publicados. Entre eles está “Peniche, na história e na lenda”, uma obra aclamada pela cidade. Além da escrita, Mariano Calado também tem tido um forte papel de intervenção cívica em Peniche, tanto em atividades profissionais como lúdicas.

A primeira edição do “Prémio Mariano Calado” arranca hoje, sexta-feira, e são admitidos a candidatura trabalhos de produção literária, enviados sob pseudónimo até ao próximo dia 11 de junho, por correio registado para o endereço: Prémio Mariano Calado, Biblioteca Municipal de Peniche, Largo do Município, 2520-239 Peniche.

Podem concorrer pessoas de qualquer nacionalidade, com idade igual ou superior a 16 anos. O vencedor do prémio Mariano Calado recebe, além de 500 euros, a edição da obra submetida a concurso. Pode consultar o regulamento aqui.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.