Assinar
Cultura

Festival Xalavar cria circuito de arte urbana na Praia da Vieira

Afirmar e reconhecer a identidade de Vieira de Leiria pelo património histórico e cultural ligado à arte xávega é o objetivo do evento.

Xalavar é sinónimo de um saco de rede de forma cônica para transportar peixe e é precisamente sobre arte xávega, a pesca artesanal e a cultura avieira que o Festival de arte urbana Xalavar se concentra, entre 10 e 15 de maio, na Praia da Vieira.

O “Xalavar” é um evento de arte pública, com organização e curadoria da associação Riscas Vadias, em parceria com a Junta de Freguesia da Vieira de Leiria Leiria e o apoio da Câmara Municipal da Marinha Grande, no âmbito do projecto “Paredes com memória”. Draw & Contra, Pantonio, Ricardo Romero e Robot são os artistas convidados para o festival e que vão criar as suas obras durante a próxima semana.

O evento faz parte de um conjunto de três projetos que a Junta de Freguesia de Vieira de Leiria pretende desenvolver até ao início de julho, com um investimento total de 150 mil euros e que implicam o surgimento de arte urbana, obras de requalificação de algumas zonas e, ainda, um espaço cultural de homenagem à cultura avieira.

O Festival Xalavar tem início na próxima segunda-feira, dia 10, e prolonga-se até 15 de maio, na Praia da Vieira, e “encontra a sua justificativa no inegável papel preponderante que a arte pública urbana assume, atualmente, em Portugal e no mundo”, revela a organização.

Em nota de imprensa, a Riscas Vadias realça ainda o “caráter inventivo e inclusivo que a arte e a cultura podem, e devem, assumir na criação do futuro/esperança de uma qualquer sociedade”.

A realização do Xalavar em Vieira de Leiria justifica-se também pelas “características, especificidades e singularidades” da freguesia, “no seu peso e abrangência, não apenas enquanto território físico, mas essencialmente, como terra de gentes sonhadoras, criativas, empreendedoras e trabalhadoras”.

Afirmar Vieira de Leiria como “circuito de arte urbana” num novo cenário de turismo artístico/cultural de âmbito nacional e internacional, e o reconhecimento desta freguesia “como ponto de visita obrigatório no tour de arte pública urbana” são alguns dos objetivos do festival.

Potenciar a criação e divulgação da arte pública urbana e afirmar e reconhecer a identidade de Vieira de Leiria pela representação e homenagem ao património histórico e cultural ligado à arte xávega são outros objetivos, refere a organização do evento.

O Projeto Xalavar é cofinanciado pelo Programa Operacional Mar 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.