Assinar
Marinha Grande

Jovem sem os “mesmos vícios” dos adversários é a aposta do BE à Câmara da Marinha Grande

“Algo que nos aflige é a poluição, tanto nas praias do concelho como no rio Lis”, refere o jovem candidato.

“Sou jovem é certo, não tenho a experiência política dos outros candidatos já conhecidos, mas uma coisa vos garanto, não tenho os mesmos vícios”. A frase é de Pedro Luzio, 23 anos, candidato do Bloco de Esquerda à Câmara da Marinha Grande, apresentado esta tarde na cidade vidreira.

Pedro Luzio (à esquerda) e Nuno Machado esta tarde na apresentação da candidatura

Formado em informática, o candidato à Câmara desempenha funções na Federação de Patinagem e Hóquei e faz parte do comité de patinagem artística da federação de patinagem. E o desporto também foi focado no seu discurso: o apoio a clubes e associações, bem como o reforço do investimento na proteção animal, foram algumas das preocupações da candidatura que elencou.

A burocracia que atrasa os projetos e licenças para a renovação urbanística foi criticada por Pedro Luzio, candidato que apontou ainda o dedo à falta de médicos, resultado “da saída de profissionais de saúde do suposto serviço de atendimento permanente”.

A questão ambiental foi outra das tónicas do discurso. “Algo que nos aflige é a poluição, tanto nas praias do concelho como no rio Lis”.

“As descargas ilegais das suiniculturas nas margens do rio Lis é um dos maiores problemas da nossa zona”, reforçou. “Apesar das muitas promessas de governos e executivos municipais, até agora não viu qualquer tipo de solução”.

Os acessos e as infraestruturas nas praias também estiveram em destaque, com Pedro Luzio a abordar ainda a questão das piscinas oceânicas de São Pedro: “as piscinas são um marco dentro e fora do concelho”, mas “estão abandonadas e são um risco para a população”, criticou.

O atual deputado do BE na Assembleia Municipal, Nuno Machado, é o cabeça de lista à Assembleia Municipal nas próximas eleições autárquicas. Com 47 anos de idade, licenciado em psicologia social e de organizações e trabalhador com funções de chefia numa empresa do sector vidreiro, salientou o trabalho dos últimos quatro anos de atividade do partido na Assembleia Municipal.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.