Assinar
Leiria

Obras no castelo, novas escolas ou reabilitar uma fortaleza. Eis alguns destinos para 3,3 milhões da Europa

Os apoios são canalizados para investimentos em edifícios escolares, centros de saúde, e monumentos classificados.

Educação, saúde e património, são as áreas abrangidas pelas 35 candidaturas aprovadas pelo Programa Operacional Centro 2020.

A aprovação das candidaturas, que representam uma comparticipação de fundos europeus de 11,7 milhões de euros, foi anunciada esta terça-feira, dia 4. Este pacote de fundos reforçou ainda o financiamento em 72 candidaturas já anteriormente aprovadas, num montante de 8,4 milhões de euros.

Intervenção no Castelo de Leiria contemplada com cerca de 600 mil euros Foto de arquivo: Joaquim Dâmaso

No total, são cerca de 20 milhões de euros de financiamento comunitário aprovado para a região Centro.

Deste valor, cerca de 3,3 milhões de euros destinam-se a projetos no distrito de Leiria. Os apoios são canalizados para investimentos em edifícios escolares, centros de saúde, e monumentos classificados.

No distrito de Leiria, há diversos projetos contemplados, entre os quais a requalificação e ampliação da Escola Básica da Moita e da EB e jardim de infância da Fonte Santa (Marinha Grande) com 308 mil e 75 mil euros, respetivamente.

Ainda no capítulo da educação, destaque para a requalificação da EB da Encosta do Sol (Caldas da Rainha) com 125 mil euros, a requalificação e modernização das Instalações da Escola Básica e Secundária da Guia (Pombal) com 562 mil euros e a construção dos centros escolares de Famalicão (Nazaré) e Turquel (Alcobaça) com 179 mil e 117 mil euros, respetivamente.

Na componente do património, são canalizados 601 mil euros para o Castelo de Leiria, nomeadamente na intervenção na Casa do Guarda, Celeiros Medievais e Cobertura da Igreja da Pena. São ainda contemplados 97 mil euros para a conservação e restauro do património integrado da Igreja do Convento do Santíssimo Sacramento no Louriçal (Pombal).

Nota igualmente para a reabilitação das Muralhas de Peniche, comtemplada com 838 mil euros, entre outras intervenções. Na área da saúde, destaque para 234 mil euros destinados à construção da Unidade Saúde de Santo Onofre (Caldas da Rainha).

A totalidade dos apoios concedidos pode ser conferida aqui.

“Estes projetos, enquadrados nos Pactos para o Desenvolvimento e Coesão Territorial celebrados com as Comunidades Intermunicipais (CIM), são uma resposta do Programa Centro 2020 à necessidade de estimular o investimento público, relevante para a retoma económica e social, tendo em conta o contexto provocado pela pandemia COVID-19”, explica a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro em comunicado.

Isabel Damasceno, presidente da CCDRC, refere que “este reforço de dotação dos Pactos estabelecidos com as Comunidades Intermunicipais representa um esforço significativo do Programa Regional do Centro, alocando mais recursos a áreas prioritárias, como a educação, com mais 12 milhões de euros, saúde com mais 2,2 milhões de euros ou património cultural e natural com mais 5,8 milhões de euros. O reforço de financiamento em projetos aprovados de 8,4 milhões de euros significa um contributo para a liquidez dos municípios”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.