Assinar
Castanheira de Pera

Suspeito de matar companheira em Castanheira de Pera fica em prisão preventiva

Polícia Judiciária confirmou a detenção do suspeito, que se encontrava em fuga, no norte do país

Fica em prisão preventiva o homem suspeito do homicídio qualificado da sua companheira, dia 4, em Castanheira de Pera.

Depois das notícias que davam conta da detenção, pelas autoridades, do suspeito do homicídio de uma mulher de 55 anos, ocorrido há cerca de uma semana, em Moita, Castanheira de Pera, a Polícia Judiciária confirmou, esta tarde, que o homem foi detido, depois de ter estado em fuga.

“A Polícia Judiciária, confirma a detenção de um homem, em cumprimento de mandado de detenção emitido pelo MP no DIAP de Leiria, pela presumível prática de um crime de homicídio qualificado e de um crime de detenção de arma proibida”, revelou esta tarde, em comunicado, a direção nacional da PJ.

Os factos “ocorreram em contexto de violência doméstica, tendo o arguido surpreendido a vitima, na sua residência, quando se encontrava deitada, no seu quarto, desferindo-lhe dois tiros, que a atingiram mortalmente”, acrescenta nota da PJ.

“Após o cometimento do crime, o arguido pôs-se em fuga para parte incerta”, sendo que a investigação veio a recolher “informação que apontava vários locais onde o suspeito poderia estar escondido, nomeadamente na zona de Gondomar”.

Foi nessa zona que a detenção acabou por ocorrer. Para a localização e captura do arguido, a Diretoria do Centro da PJ contou com apoio da GNR de Fânzeres e da Diretoria do Norte.

“O arguido, de 59 anos de idade, foi presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Leiria, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva”, refere ainda a nota emitida esta tarde pela Polícia Judiciária.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.