Assinar
Dança

Bailarinos António Casalinho e Margarita Fernandes de partida para companhia alemã

Os jovens bailarinos de Leiria vão iniciar a carreira profissional como solistas.

É a partir de setembro que António Casalinho e Margarita Fernandes passam a integrar a companhia Bayerisches Staatsballett, de Munique, na Alemanha.

Os jovens bailarinos deixam o Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez, em Leiria, onde se formaram, e partem para a primeira experiência no mundo profissional.

O par atuará no dia 24 de julho no Coliseu dos Recreios, interpretando “Giselle” Foto: Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez

Para Annarella Sanchez, a saída das suas “jóias da coroa” é uma forma de mostrar o trabalho que se faz em Leiria e que permite que os estudantes consigam contratos profissionais além fronteiras.

Além disso, permitirá ainda revelar outras estrelas do conservatório que permanecem escondidas. Sem querer adiantar nomes, a responsável admite que o público também tem uma palavra a dizer.

“Não posso ser eu a revelar, tem de ser o mundo a descobrir como descobriu o talento do António”.

A participação em galas, espetáculos e concursos nacionais ou internacionais dará uma ajuda e a professora garante que há “gente muito, muito boa” nas fileiras do conservatório de Leiria.

António Casalinho é já uma referência na área da dança e, aos 18 anos, passará a integrar a companhia alemã como solista.

O jovem bailarino fez o anúncio “com muita alegria a entusiasmo” a partir de uma publicação na sua página de Facebook, em que agradece o apoio da família, amigos e escolas e profissionais que o têm acompanhado.

Na mesma plataforma digital Margarita Fernandes revelou que, com apenas 16 anos, também ela dará início à sua carreira profissional como solista na Bayerisches Staatsballett.

Annarella Sanchez acredita que, ao admitir os dois bailarinos, a companhia alemã “terá o trabalho facilitado” porque fica com um par completo. As características de António e Margarita, sublinha, “são difíceis de encontrar”.

“O diretor da companhia alemã viu-os dançar juntos e achou que seria um crime separar estes dois talentos que formam um bonito par juntos e que podem representar qualquer companhia e qualquer ballet, em qualquer lugar do mundo”, acrescenta.

Para a professora, a partida de Margarita Fernandes tem um sabor diferente, já que representa a saída de uma estudante, mas também da sua filha.

No entanto, encara o momento com confiança: “Se as mães acreditam em mim para deixar as suas filhas virem para aqui com 12, 13, 14 anos, porque não teria eu a coragem de deixar partir a minha filha para um sítio que é perto e igualmente bom?”, questiona.

A jovem dará continuidade aos estudos a partir da Alemanha, com aulas online integradas na Unidade de Apoio ao Alto Rendimento da Escola Secundária Afonso Lopes Vieira. António Casalinho deverá também dar continuidade aos estudos, no ensino superior, em formato online.

Entretanto, aproxima-se o espetáculo do conservatório de Leiria no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, que marca a primeira atuação de António Casalinho na capital.

Annarella Sanchez afirma que “vai ser um grande espetáculo” e desafia as pessoas, “sobretudo da região de Leiria”, a estarem presentes.

Por enquanto ainda haverá “bastantes bilhetes disponíveis” para assistir ao bailado “Giselle”, que junta cerca de 30 jovens bailarinos do conservatório.

Atualmente a professora está em Génova, Itália, com os dois jovens, que atuarão hoje e amanhã num festival que reune bailarinos que se destacaram no Youth American Grand Prix.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.