Assinar
Leiria

Parque de merendas dos Parceiros vandalizado

Remodelação da infraestrutura tinha sido concluída há pouco, após investimento de 30 mil euros. Presidente da junta acredita que houve premeditação.

Várias estruturas do parque de merendas dos Parceiros, no concelho de Leiria, foram danificadas durante a noite passada, de 16 para 17 de julho, num ato que o presidente da União das Freguesias de Parceiros e Azoia (UFPA) classifica de “vandalismo gratuito”, acreditando ter havido premeditação.

O alerta para a situação foi dado cerca das 8 horas, explica José Carlos Matias. “Não temos muitos pormenores sobre o que aconteceu: é um ato de vandalismo gratuito. Não consigo encontrar uma explicação para atitudes destas, choca-me o que ali foi feito”, afirma o autarca.

Entre os estragos mais notórios, conta-se o derrube da vedação de madeira que separa o parque da estrada, bem como da delimitação que existe em torno do pequeno lago no interior do parque. Vários contentores do lixo foram virados e o seu conteúdo espalhado pela zona.

A junta ainda não apresentou queixa às autoridades. “Estamos a ponderar, mas será uma queixa contra desconhecidos, adianta pouco…”, lamenta José Carlos Matias.

A requalificação do parque tinha terminado este ano – depois de ter sido iniciada em 2020 -, melhorando as condições da estrutura, tendo em especial atenção “à simbiose entre o que foi feito e o aspeto natural” da zona onde está instalado. Foram remodelados os assadores, bem como as estruturas sanitárias e a linha de água foi desassoreada. Além disso, foram criados acessos para socorro em caso de emergência.

Trinta mil euros foram ali investidos, “com comparticipação importante da Câmara de Leiria”, garantindo “condições bastante agradáveis”, respondendo à elevada procura que se verifica, sobretudo aos fins de semana.

“É de lamentar isto acontecer. Com esta grandeza, e desta forma premeditada, é a primeira vez”, afirma o presidente da UFPA, que promete o restabelecimento das condições “já para a semana”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.