Assinar


Leiria

Programa “Leiria Protege” distribuiu 776 mil euros por 311 empresas

A câmara adianta que o programa Fundo de Emergência Municipal de Apoio Comercial e Empresarial “Leiria Protege”, que visou apoiar empresas com quebra de faturação em contexto de pandemia covid-19, terminou.

O programa de apoio à economia “Leiria Protege”, para minorar os impactos da pandemia de covid-19, distribuiu 776 mil euros por 311 empresas, revelou hoje à agência Lusa a Câmara de Leiria.

“No total das 418 candidaturas rececionadas nas três fases em que decorreu o programa, foram apoiadas 311 empresas que cumpriam integralmente todos os critérios para atribuição dos valores de apoio, segundo o regulamento do Município de Leiria”, refere uma informação escrita enviada à Lusa.

Segundo a autarquia, presidida por Gonçalo Lopes (PS), “um total de 776 mil euros” foi distribuído pelas 311 empresas. Destas, 188 receberam dois mil euros, a 92 foram atribuídos três mil euros, enquanto a 31 empresas o valor entregue foi de quatro mil euros, “valores estes atribuídos de acordo com a faturação de base”.

A câmara adianta que o programa Fundo de Emergência Municipal de Apoio Comercial e Empresarial “Leiria Protege”, que visou apoiar empresas com quebra de faturação em contexto de pandemia covid-19, terminou.

“Os setores apoiados foram, maioritariamente, a restauração (125 empresas – 61 restaurantes e 64 empresas cuja atividade é a de café, bar, pastelaria ou similar), seguindo-se o retalho (101 empresas – 30 de retalho de vestuário e as restantes 71 relativas a retalho diverso)”, esclarece.

O município acrescenta que “foram também apoiadas 43 empresas com atividades de cabeleireiro ou salões de estética, 15 que atuam nos setores de alojamento e turismo, 10 empresas com atividades ligadas à arte e cultura, e, ainda, 17 empresas de setores diversos”.

“O programa termina, assim, com uma taxa de aprovação a rondar os 75% e um nível médio de apoio de 2.500 euros”, informa a autarquia.

O regulamento deste programa, inicialmente com uma verba de 375 mil euros a fundo perdido, foi aprovado em 10 de dezembro último em reunião do executivo camarário.

De acordo com o regulamento, estavam previstos apoios de dois mil, três mil ou quatro mil euros para microempresas que tivessem registado uma descida igual ou superior a 25% na faturação em 2020 face a 2019.

Podiam candidatar-se as microempresas com volume de negócios inferior a 500 mil euros.

Segundo o último boletim da Comissão Distrital de Proteção Civil, divulgado às 00:02 de hoje, o concelho de Leiria regista desde o início da pandemia, em março do ano passado, 7.955 casos de covid-19, mantendo-se 416 ativos.

No concelho, 7.371 pessoas recuperaram da doença, havendo ainda 168 óbitos, de acordo com o mesmo boletim.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.