Assinar


Autárquicas 2021

Chega candidata Aida Pires à Câmara de Pedrógão Grande

Aposta do partido para Pedrógão Grande quer colocar o concelho “nas televisões, não pela tragédia” mas “pelo seu desenvolvimento”.

O Chega vai candidatar Aida Pires à Câmara de Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, nas eleições autárquicas, confirmou hoje a própria à agência Lusa.

Aida Pires, de 65 anos, é licenciada em engenharia civil. Antiga professora no ensino secundário, reside em Leiria e é tesoureira na Comissão Política Distrital de Leiria do Chega.

“Quando começamos com a questão das eleições autárquicas falou-se em muitas câmaras e freguesias e eu disse que só iria aceitar uma, que era [a câmara] de Pedrógão Grande”, disse a cabeça de lista do Chega.

Aida Pires explicou que, em 2017, quando ocorreram os fogos naquele concelho do norte do distrito de Leiria deslocou-se a Pedrógão Grande.

“Fui voluntária, percorri aquelas aldeias, vivi momentos difíceis com aquelas pessoas. Desloquei-me três fins de semana consecutivos a levar água, bens alimentares”, referiu, adiantando que ficou “com o coração naquelas pessoas, na vida delas, que merecem ser respeitadas”, o que não viu naquela altura e que continua a não ver.

A militante do Chega considera que “tem de haver alguma mudança e Pedrógão Grande precisa de uma pessoa que garanta a mudança, uma pessoa com coragem para que se consiga recuperar e mudar Pedrógão Grande”.

“Vai ser preciso coragem e exigir respeito pelo concelho, principalmente ao Governo”, declarou Aida Pires, para quem “Pedrógão Grande tem sido desrespeitado a todos os níveis”.

Sobre as prioridades para o concelho, a candidata exemplificou a descida de taxas e impostos municipais, assim como o preço do abastecimento de água, “que é superior ao de Leiria”.

“Melhorar a rede de comunicações, para garantir que as pessoas se fixem” no concelho, e a organização da floresta são outros dos exemplos elencados pela candidata, salientando que “nem tudo pode ser feito pelas autoridades locais”, pelo que é preciso “exigir ao Governo”.

Aida Pires acrescentou que uma vitória “é dar a cara e defender aquelas pessoas, colocar novamente Pedrógão Grande nas televisões, não pela tragédia, mas, sim, pelo seu desenvolvimento”.

Nas eleições autárquicas de 2017, o PS conquistou a Câmara de Pedrógão Grande, ao alcançar três de cinco mandatos.

São também candidatos Nelson Fernandes (PS), Antonio Lopes (PSD), Pedro Barra Fernandes (CDS-PP) e Aires Henriques (CDU).

As eleições autárquicas estão marcadas para 26 de setembro.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.