Assinar
Desporto

Paralímpicos: Ana Sofia Costa não conseguiu impor-se a Grigorios Plychronidis

Para a atleta da Maceira, que está a estrear-se nos Paralímpicos, Tóquio já é “um sonho tornado realidade”.

Ana Sofia Costa, a atleta natural da Maceira que está a competir nos Paralímpicos de Tóquio, como individual e em pares BC3 no boccia, foi hoje derrotada por 9-0 pelo grego Grigorios Plychronidis.

Ontem, na primeira jornada da fase de grupos Individual BC3, a atleta perdeu para Avelino Andrade por 6-0.

Na terceira jornada, Ana Sofia Costa terá pela frente Kazuki Takahashi, em prova agendada para amanhã, segunda-feira, às 11h55 (hora portuguesa).

Fotos: Paralímpicos – CPP/Carlos Alberto Matos

A atleta é treinada por David Henrique que considera a participação nos jogos de Tóquio “um sonho tornado realidade”.

Em declarações à agência Ecclesia, o treinador de boccia afirmou que ver atletas que acompanha participarem nos Jogos Paralímpicos de Tóquio é “um sonho tornado realidade” e uma oportunidade para muitos se sentirem “integrados na sociedade”.

Sobre a participação de Ana Sofia Costa afirmou que esta “está muito feliz” e que chegar a Tóquio é “concretizar o objetivo que deu tanto trabalho” e constitui motivo de “um grande orgulho”.

“Muitos destes atletas veem no desporto, e neste caso o boccia, a maneira de serem integrados na sociedade, serem reconhecidos, sentirem que aquilo que fazem é útil”, afirmou o treinador que acompanha Ana Sofia Costa no Centro João Paulo II, em Fátima.

David Henriques lembrou ainda que “a sociedade por vezes é dura com este tipo de população”, porque “não reconhece as suas capacidades”.

Portugal, que soma 26 medalhas no boccia em Jogos Paralímpicos, está representado na modalidade nos Jogos Tóquio2020 por 10 atletas, nas quatro categorias e nas variantes de pares e equipas.

Nestes Paralímpicos de Tóquio 2020, a região de Leiria tem três atletas em competição.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.