Assinar

Pedro Alves: “Parece que está instalada uma comissão de liquidação”

O funcionário público de 61 anos concorre como independente pela CDU

Quais as medidas que consideram prioritárias para o concelho de Alvaiázere?
Ao fim destes anos todos de uma força política que não tem praticamente oposição – o PSD – mais de metade do município não tem esgotos, não tem uma rede de saneamento básico. Os autarcas fartam-se de falar em modernidade e em século XXI e a única coisa que fazem é mandar dinheiro para a rua. Não há transportes para Coimbra, não há transportes para a sede do distrito. Desde que começou a pandemia, o Expresso que havia para Lisboa está suspenso e a câmara municipal não diz nada. É uma infelicidade. Vão-se agravando todos os fatores de desertificação humana. Parece que está instalada uma comissão de liquidação do concelho.

É possível uma câmara, com os meios que tem, combater a perda de população?
É possível se se tiver vontade. Alvaiázere, apesar de ser do interior, está a 60 quilómetros do mar, muito perto de Leiria, de Coimbra, de Pombal e de Tomar. Alvaiázere, apesar de tudo, não está atrás do sol posto nem é assim tão interior quanto isso. Não tem havido nem vontade nem desejo das pessoas que estão nos cargos políticos municipais. É uma vila que tem dado tiros nos pés, uns atrás dos outros.

Um bom resultado para a CDU seria eleger?
Para nós seria eleger para as assembleias. Seria um grande salto em frente que conseguiríamos e penso que estamos com grandes hipóteses de o conseguir.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.