Assinar
Autárquicas 2021

Pedrógão Grande: Valdemar, o protagonista, saiu de cena. Quem se segue?

Cinco candidatos concorrem à presidência da Câmara de Pedrógão Grande no próximo dia 26 de setembro. Conheça as suas prioridades.

Pedrógão Grande

População residente 3.392
Eleitores 3.090
Freguesias 3
Câmara Municipal 5 eleitos
Assembleia Municipal 17 eleitos

Valdemar Alves, presidente eleito pelo PS, era recandidato. Depois deixou de ser. Um chumbo da distrital selou o destino político do autarca que está a braços com dois processos em tribunal, como consequência dos incêndios de 2017: um sobre a responsabilidade da catástrofe, outro sobre o nebuloso processo de reconstrução de habitações. Ainda não é conhecido o desfecho de nenhum dos processos, mas Valdemar Alves acaba por não concorrer à reeleição.

O presidente ainda em funções e ex-inspetor da Judiciária tinha já sido o protagonista das autárquicas de 2017. Na ressaca dos incêndios, momento que lhe valeu atenção mediática, deixava as listas do PSD, partido pelo qual tinha sido eleito em 2013, e passava para o PS.

Agora, perdendo o seu cabeça de lista natural à Câmara, os socialistas avançam com o número dois de Valdemar. Nelson Fernandes é o vice-presidente da autarquia, acabou por ser a escolha natural e acena com a vantagem de conhecer os cantos à casa.

Num processo sem tantos solavancos, o PSD aposta em António Ferreira Lopes, um administrador bancário de 62 anos, para recuperar a presidência. A concelhia do PSD apresentou-o como um candidato “que não tem telhados de vidro”, por contraste com o atual presidente.

Na mesma corrida mas em pistas diferentes entram CDU e CDS, que costumam recolher um número de votos que não atinge os dois dígitos. A coligação entre comunistas e verdes tem no ex-presidente da Casa de Pedrógão Grande em Lisboa e empresário na área do turismo rural, Aires Henriques, a esperança de alargar essa base. O arquiteto Pedro Barra Fernandes, que há quatro anos integrou as listas do PSD, concorre pelos centristas para tentar aumentar o número de votos em relação a 2017.

Tal como noutras paragens, em Pedrógão Grande, o Chega é a novidade destas eleições. O partido lança uma mulher da estrutura distrital, Aida Pires, para concorrer à autarquia do Pinhal Interior Norte.

Conheça, de seguida, a opinião dos candidatos em Pedrógão Grande.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.