Assinar
Teatro

A inauguração de um ginásio promete provocar risos e reflexão em São Mamede

“Há sempre uma dor qualquer, não é?” é a nova peça de teatro de O Alguidar, com texto de Paulo Kellerman. A estreia acontece no dia 8.

Dezasseis personagens dão vida a esta peça cómica sobre a inauguração de um ginásio Foto: O Alguidar

Um dono que ganhou dinheiro num concurso de televisão e decidiu investir num ginásio na aldeia onde vive, é este o mote para “Há sempre uma dor qualquer, não é?”: a mais recente peça interpretada pelo grupo de teatro O Alguidar, de São Mamede, no concelho da Batalha, que conta com texto de Paulo Kellerman.

Apesar de não conhecer bem o universo dos ginásios e de saber que um texto para 16 personagens é “bastante ambicioso”, o escritor aceitou o desafio sem hesitar. Mergulhou de cabeça na tarefa e o resultado foi um texto “assumidamente cómico, para fazer rir”, conta.

Para este lado cómico concorrem uma série de eventos desenvolvidos a partir da junção de várias personagens: um padre, que foi chamado para fazer a bênção do ginásio, uma rececionista, o segurança do espaço, o presidente da junta de freguesia, uma figura pública e muito mais, desvenda Rita Rosa, encenadora do grupo.

Mas mais do que fazer rir, a peça pretende suscitar algumas reflexões, nomeadamente sobre preconceito, a forma como vemos o outro, a função do exercício físico e até mesmo acerca do papel do teatro. “Sendo uma coisa que parece à primeira vista ligeira e bem-disposta, pode ter outras camadas de leitura”, indica o escritor. Segundo Rita Rosa, o público vai até identificar-se em algumas das caricaturas retratadas.

Além de escrever o texto, Paulo Kellerman teve a oportunidade de assistir a todos os ensaios. E essa, salienta, “tem sido a parte mais fascinante”, porque pode acompanhar e ver o texto crescer com o grupo. “É um processo de descoberta das pessoas, do seu trabalho e de perceber como é que tornam o texto seu, como é que o adaptam”, frisa.

Agora, explica, “é impossível ler o texto sem o associar de imediato a determinada personagem” e isso “é, de alguma forma, mágico”.

“Há sempre uma dor qualquer, não é?” estreia a 8 e 9 de outubro, no Auditório da Junta de Freguesia de São Mamede. Mas a curiosidade pela peça tem sido tanta que as sessões estão já esgotadas.

No entanto, há nova data para 16 de outubro, no mesmo local, às 21h30. Os bilhetes custam 4 euros e é necessário efetuar reserva através de info.teatroalguidar@gmail.com ou em 960 298 367.

(Notícia atualizada a 8 de outubro de 2021, às 11h42, com a correção da informação dos bilhetes, que custam 4 euros)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.