Assinar
Música Exclusivo

A miúda de Alcobaça que Jüra dizer a verdade com canções de amor e dor

Joana Silva apresenta-se como Jüra desde 2019 e promete novidades no início do próximo ano.

Joana Silva apresenta-se como Jüra na música Foto: João Tamura

Começou na guitarra, passou pela dança e pelo teatro, fez-se mulher no circo, empresta a voz a personagens da Disney, mas foi à música que fez uma “Jüra” de amor eterno. A alcobacense Joana Silva, que verbaliza o amor e a dor do amor em beats de música urbana e portuguesa, deu-se a conhecer com o single “Somozumnãodois”, que tem estado a passar em loop na rádio.

“A minha música é verdade, sensibilidade… é um conjunto de emoções convertidas em melodias e palavras. Descobri nas canções um amparo”, revela Joana Silva, mais conhecida agora por Jüra, que também escreve as letras das canções. “Sempre gostei muito de escrever. Comecei a procurar beats na internet e escrevia umas coisas em inglês, mas depois de começar a escrever em português, tornou-se a forma mais natural e a tradução mais exata da dimensão do que sinto, do penso com que sinto”, explica a jovem de 23 anos, admitindo: “As letras ficam como nascem, não são corrigidas”.

Jüra ganhou vida em 2019, depois de um percurso multifacetado da sua criadora. Após terminar o curso de Dança na Academia de Dança de Alcobaça, Joana Silva mudou-se para Lisboa quando tinha 15 anos, para estudar na Escola Profissional de Artes e Ofícios do Espetáculo do Chapitô.

“Passei por todas as fases e disciplinas de criação. Tenho uma ‘mala’ cheia que me permite criar um pensamento artístico livre”, partilha a alcobacense, que se deu a conhecer como autora com “És um amor”, canção de 2020 que é uma declaração de amor “urgente” à avó materna.

No percurso de Jüra – adaptação artística de Juka, diminutivo pelo qual os amigos tratam Joana – a música esteve sempre presente. “Quando andava de mota com o meu pai ia sempre a cantarolar com o capacete na cabeça porque parecia que o mundo se calava só para eu cantar”, recorda.

A esse hábito junta o jeito para “fazer covers diferentes”, que foi o que teve oportunidade de fazer recentemente na Rádio Comercial, no TNT Live Stage, ao interpretar “Telepatia”, de Lara Li. No início do próximo ano haverá “muita coisa a sair da gaveta”, onde Jüra tem guardado verdade e amor.