Assinar
Cultura

Filarmónica da Vestiaria regressa aos palcos com concerto especial para reviver vitórias

A nova temporada de espetáculos da Filarmónica Vestiariense arranca esta terça-feira, dia 5, com um espetáculo que evoca o passado da banda e projeta o futuro.

João Gaspar é o novo maestro e diretor artístico da Sociedade Filarmónica Vestiariense “Monsenhor José Cacella” Foto: João Gaspar

Ao fim de um ano e meio parada devido à pandemia, a Sociedade Filarmónica Vestiariense (SFV) “Monsenhor José Cacella”, da Vestiaria, no concelho de Alcobaça, está de regresso aos palcos com uma nova temporada de atuações já preparada, sob a batuta do novo maestro e diretor artístico, João Gaspar.

O primeiro concerto desta fornada acontece na próxima terça-feira, dia 5, no Adro da Igreja da Vestiaria, às 11 horas. As entradas são livres.

Mais do que um espetáculo que marca o regresso da filarmónica e a projeção de um novo ciclo, é um momento para “reviver vitórias”, “evocar o passado da banda”, que conta já com 115 anos, explica João Gaspar.

Entre as vitórias, está o prestígio ganho em vários concursos nacionais, nomeadamente no concurso de bandas civis promovido pela Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho, em 1961, no 1º Festival Internacional de Música da Lourinhã, em 1991, ou, mais recentemente, o primeiro lugar no Concurso Nacional de Bandas, em 2017, na Figueira da Foz.

Neste concerto, o público terá a oportunidade de ouvir as obras que levaram a estes feitos, mas também de conhecer o programa pensado para a temporada 2021/2022 que conta com muitas surpresas e convidados de relevo.

Um dos destaques é o “concerto inédito” previsto para a passagem de ano, no qual a filarmónica vai dar à comunidade alcobacence a “experiência de um concerto de ano novo em Viena de Áustria”, avança o maestro.

Outros momentos especiais estão pensados, nomeadamente um ciclo de espetáculos para famílias com o maestro Vitorino d’Almeida; a colaboração com um artista nacional, bem como os habituais desfiles e exibições públicas.

Além disso, adianta, a Orquestra Ligeira da SFV vai regressar aos palcos para uma atuação de Natal com músicas de Frank Sinatra.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.