Assinar
Alcobaça

Mulher em estado grave depois de ter sido baleada em Martingança

A vítima encontrava-se na via pública, junto à estação ferroviária de Martingança, no concelho de Alcobaça.

Um mulher, com idade entre os 25 e os 30 anos, ficou em estado grave depois de ter sido baleada, na noite de ontem, domingo, em Martigança, no concelho de Alcobaça.

Os Bombeiros Voluntários de Pataias (BVP) receberam o alerta às 23h41, através do Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU), para um “possível tiroteio”, avançou ao REGIÃO DE LEIRIA o comandante dos BVP.

Segundo Leandro Bernardino, “ao chegar ao local foi confirmada a existência de uma vítima de sexo feminino, com 25 a 30 anos, baleada”.

A mulher, que se encontrava na via pública, junto à estação ferroviária de Martingança, foi estabilizada e transportada para o heliporto do Hospital de Leiria, tendo sido depois levada para os Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC).

Ao nosso jornal, o oficial de Comunicação e Relações Públicas do Comando Territorial da GNR de Leiria, capitão Diogo Mendes, adiantou que a vítima se encontrava “em estado grave” na sequência de um ferimento na cabeça.

No local esteve uma ambulância de socorro dos BVP, com três operacionais, a viatura médica de Leiria e a GNR de Pataias.

À chegada ao local, as autoridades verificaram que a vítima se encontrava sozinha e não havia movimentações em redor.

De acordo com o capitão Diogo Mendes, o caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ).

O coordenador da PJ de Leiria, responsável pela investigação da tentativa de homicídio, afirmou à agência Lusa que “ainda estão a ser feitos exames periciais para apurar como o crime ocorreu”.

Fernando Jordão avançou que a vítima “se mantém internada”.

RL com Lusa

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.