Assinar
Marinha Grande Exclusivo

Quatro anos depois do fogo a regeneração natural do Pinhal de Leiria ainda leva vantagem

Há 2,1 milhões de árvores plantadas, persistindo por plantar outras 6,1 milhões.

No “Parlamento” em forma de floresta, plantado no Tremelgo, da esquerda à direita, há árvores viçosas que convivem com elementos secos e quebradiços Foto: Joaquim Dâmaso

Quatro anos após os fogos que consumiram a esmagadora maioria do Pinhal de Leiria, por cada árvore já plantada, persistem duas por plantar. E no campeonato entre rearborização e regeneração natural, a natureza leva vantagem.