Assinar


Cultura

“Quarentoons”. Tiras humorísticas sobre a pandemia dão origem a livro

Mais de 400 cartoons de dois autores de Alcobaça, Natasha Costa Pereira e Leonardo Cruz, publicados durante e sobre a pandemia na página “Quarentoons” vão ser reunidos em livro pela editora Escafandro.

"Quarentoons: uma agenda de um ano que já passou" reúne as tiras humorísticas criadas por Natasha Costa Pereira e Leonardo Cruz durante a pandemia e divulgadas à época nas redes sociais Quarentoons

Durante 15 meses, entre março de 2020 e maio de 2021, a ilustradora Natacha Costa Pereira e o economista Leonardo Cruz, ambos de Alcobaça, criaram e publicaram mais de 400 cartoons relacionados com a Covid-19 nas páginas de Facebook e Instagram “Quarentoons”.

Estas tiras que garantiram momentos de riso e entretenimento através da caricatura de figuras políticas nacionais e internacionais, mas também da representação de um casal que assiste a todos os desenvolvimentos sobre a pandemia a partir da televisão, vão agora dar origem a um livro.

A intenção é fixar numa “espécie de documento histórico o período mais estranho das nossas vidas, repleto de efemérides e acontecimentos que sublinham e enquadram as tiras no momento em que foram publicadas”, explicam os autores em comunicado.

“Quarentoons: uma agenda de um ano que já passou” é o título pensado para esta obra que irá ter o formato de uma agenda, trazendo inovação ao mercado das agendas anuais que “está muito batido”, criando “uma tendência disruptiva no mercado editorial, numa lógica de economia circular e reaproveitamento de datas”, salientam.

Sempre sob a alçada do humor, o intuito do livro é também levar os leitores a reviver a pandemia, convidando a anotar acontecimentos do quotidiano na agenda, como o início do teletrabalho ou a primeira ida à rua após o confinamento.

Para angariar os fundos necessários à impressão do livro, Natasha Pereira e Leonardo Cruz lançaram uma campanha no passado dia 5 na plataforma de crowdfunding PPL, através da Editora Escafandro, também de Alcobaça. Até ao momento, já foram angariados 1.444 euros, superando a meta imposta (1.250 euros).

A campanha decorre até 2 de dezembro e estão disponíveis vários montantes com que é possível contribuir, de acordo com o tipo de pacote a imprimir.

Os dois autores de Alcobaça deixam em aberto a hipótese de continuar a dar vida a algumas das personagens desta série, designadamente o casal quarentenário Manuel e Edite, o jovem Youtuga, a inocente Menina e o seu gato, bem como as presenças espontâneas do Comentador Baralhado, António Costa, Boris Johnson, Bolsonaro, Marcelo Rebelo de Sousa ou Donald Trump.

Já em relação aos “Quarentoons”, os autores desejam que estes só regressem “numa outra pandemia”. Por exemplo, causada “por nova virose surgida do cruzamento entre um elefante e um peixe-espada”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.