Assinar


Desporto

Seleção portuguesa sub-20 de futebol empata com Alemanha em Leiria

Ao intervalo, a partida permanecia sem golos

A seleção portuguesa de futebol de sub-20 empatou hoje com a Alemanha, 1-1, no segundo de dois jogos particulares que Portugal disputou no Estádio Municipal de Leiria.

Depois da vitória por 2-0 sobre a Inglaterra na quinta-feira, hoje Portugal sentiu bem mais dificuldades frente a uma Alemanha versátil e disciplinada.

Um grande golo de Mathys Jean-Marie deu vantagem a Portugal no segundo tempo, mas a seleção nacional permitiu a igualdade a poucos minutos do fim, surpreendida por um ataque rápido que repôs justiça num encontro em que guarda-redes português foi o melhor em campo.

Portugal até começou por assumir o controlo, mas esbarrava sempre na defesa contrária quando tentava chegar à baliza.

Jogo contou com transmissão televisiva no Canal 11

À passagem do quarto de hora, a tendência inverteu-se e foi a Alemanha que tomou conta das operações, explorando a largura do terreno para sair a jogar e empurrar Portugal.

Aos 20 minutos, um contra-ataque rápido quase deu à Alemanha o 1-0, mas Samuel Soares defendeu bem, na primeira de várias boas intervenções.

Muito mexidos na frente, os alemães causavam dificuldade a Portugal, que se concentrava para tapar os espaços por onde entravam perigosamente os adversários. A pressão junto da área nacional era cada vez mais forte, valendo a atenção de Samuel.

Só nos últimos minutos do primeiro tempo Portugal reagiu, por Mathys Jean-Marie, Rafael Brito e Duarte Carvalho, que fizeram os primeiros remates à baliza contrária.

O descanso chegava, contudo, com Samuel Soares novamente a brilhar, desviando um remate de Tim Lemperle, já isolado frente ao guarda-redes português.

No reinício do jogo, foi Ransford Königsdörffer a testar as capacidades do guardião do Benfica, que de novo parou o remate do alemão quando o golo parecia certo.

Mas o melhor momento do jogo surgiria pouco depois: aos 55 minutos, Mathys Jean-Marie pegou na bola sobre a esquerda e driblou todos os defesas que lhe apareceram pela frente, guarda-redes incluído, fazendo o 1-0 com requinte técnico.

Sob a batuta de Bernardo Couto, Portugal tornou-se mais perigoso a partir daí, mas a seleção orientada por Emílio Peixe não teve instinto para ‘matar’ o jogo e a Alemanha aproveitou.

Já perto do final, Nankishi fugiu pela direita, cruzou e o mais perigoso dos alemães, Tim Lemperle, surgiu ao segundo poste a fazer o 1-1 final.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.