Assinar
Cultura

Trinta contos da tradição oral reunidos em ilustrações e vídeo para chegar a todos

O novo livro inclusivo e em vários formatos de “O Nariz” é apresentado hoje, no Teatro Miguel Franco, às 21h30, e amanhã, no Teatro Stephens, na Marinha Grande, à mesma hora.

"As duas mulheres e o céu", contada por Tâmara Bezerra, é uma das histórias presentes em "Contos ao pôr do sol. Um conto por dia" e conta com ilustração de Joana Mundana Joana Mundana

Durante os dois períodos de confinamento decorrentes da pandemia, em 2020 e 2021, o grupo de teatro “O Nariz”, de Leiria, adotou a mesma estratégia a que tantas outras estruturas, criadores e artistas recorreram para dar continuidade ao trabalho: potenciar-se no mundo digital.

E foi assim que 62 contadores e músicos de todo o país, bem como de Espanha, Argentina, Cabo Verde, Inglaterra, Brasil e Itália, deram voz à iniciativa “Contos ao Pôr do Sol. Um conto por dia”. “A ideia era podermos continuar a fazer o nosso trabalho e chegar às pessoas que estavam em casa”, explica Pedro Oliveira, diretor artístico de “O Nariz”.

O retorno da primeira história foi tão bom, que o projeto começou a escalar. O público já sabia que à hora marcada, estaria a ser publicado um vídeo no Facebook de “O Nariz” com alguém a contar uma história. Desta forma, o grupo de teatro ressalvou a importância da solidariedade, ajudando a passar o confinamento de uma forma mais agradável e de partilha.

Agora os contos ganham vida num outro plano, na edição “Contos em Confinamento” que é lançada hoje, em Leiria, com o apoio da Direção-Geral das Artes. Trata-se de uma seleção de 30 histórias dos mais de cem contos apresentados, reunidos agora num objeto multiformato, que alia o suporte físico com ilustrações ao suporte digital, que conta com os vídeos das histórias acompanhados da tradução em língua gestual, criando um livro inclusivo, “para chegar a todas as pessoas”, frisa Pedro Oliveira.

Entre os contadores que participam nesta edição estão Adriano Reis, de Cabo Verde, Atonella Gilardi, de Itália, António Fontinha, de Mafra, Cecília Guerra, de Castelo Branco, Graeme Pulleyn, de Inglaterra, Pedro Oliveira, Luís Mourão e Ana Moderno, de Leiria, Tâmara Bezerra, de Brasil, entre outros.

Já as ilustrações são da autoria de Abílio Febra, David Condeço, Hirondino, Inês Canha, Joana Mundana, João dos Santos, Leonor Lourenço, Maria João Franco, Mantraste, Paulo Simões, Rui Pedro Lourenço, Sandie Jones Mourão, Tiago Baptista e Zé Oliveira.

Todos os contos apresentados são da oralidade e não possuem direitos de autor. Além disso, diz o responsável de “O Nariz”, grande parte deles não está editado, o que os torna exclusivos. Contaram ainda na seleção critérios como a qualidade das gravações e da dicção.

Vários contadores da região de Leiria e internacionais juntam-se esta quinta-feira, dia 9, no Teatro Miguel Franco e na sexta feira, dia 10, no Teatro Stephens, na Marinha Grande, para apresentar o livro e contar uma ou outra história. Ambas as sessões acontecem às 21h30 e as entradas são gratuitas.

Depois de lançado, o objetivo é colocar o livro à venda, assim como disponibilizá-lo em várias bibliotecas do concelho.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.