Assinar
Leiria

Quatro árvores em risco vão ser abatidas na próxima semana em Leiria

Os trabalhos irão decorrer entre segunda e quarta-feira da próxima semana.

Pinheiro manso do largo da República entre as quatro árvores a abater por risco de queda JOAQUIM DÂMASO

Quatro árvores de grande porte vão ser abatidas no início da próxima semana, na cidade de Leiria, devido ao elevado grau de degradação e risco de danos para pessoas e bens.

Segundo informação partilhada pelo município na sua página de Facebook, serão cortados um dois pinheiros mansos – um no largo da República e outro no parque do Avião -, uma grevílea-robusta e uma tília – ambas localizadas no Marachão, a primeira junto ao posto de Turismo e a segunda próxima do largo do Teatro José Lúcio da Silva.

Os trabalhos irão decorrer entre segunda e quarta-feira, sendo que neste último dia, o corte do pinheiro do parque do Avião obrigará a condicionalismos de trânsito na zona.

A avaliação das árvores decorreu entre outubro e novembro do ano passado, por uma empresa especializada, depois de detetados alguns sinais de degradação num conjunto de 31 árvores.

Foram vários os danos detetados nestes quatro exemplares, nomeadamente extensas lesões em alguns troncos, podridões visíveis e avançadas em alguns casos, desagregação de tecidos, tecido interno exposto e desequilíbrio biomecânico de moderado a elevado, não permitindo a aplicação de medidas corretivas, informou então a autarquia.

De entre as restantes 27 árvores avaliadas pela empresa ArborMed, oito foram classificadas com grau de risco moderado e 19 com risco elevado de rutura (três das quais também com risco máximo), que têm sido alvo de intervenções destinadas a reduzir o risco de rutura, como podas de manutenção e de equilíbrio biomecânico, aplicação de sistemas de cablagens ou de escoramento de ramos de grandes dimensões.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar