Assinar
Leiria Exclusivo

Abate de árvores é sempre o último recurso, garante a Câmara de Leiria

O município entregou a uma equipa de arboristas a avaliação de risco 31 árvores de grande porte, antecipando a nova lei que regula a gestão do arvoredo urbano.

As tílias do jardim Luís de Camões, os ciprestes junto ao Tribunal de Leiria, os pinheiros mansos do largo da República, o freixo do Mercado de Santana, as grevíleas junto ao Posto de Turismo, plátanos e choupos do Marachão e um carvalho no Agromuseu Municipal D. Julinha estão entre as 31 árvores que a Câmara de Leiria mandou avaliar por apresentarem alguns sinais de risco.