Assinar
Porto de Mós

Semana Santa regressa com celebrações religiosas e atividades culturais públicas

A par com a realização da Semana Santa, decorrem o Festival Gastronómico do Cabrito e do Borrego, e o Festival do Folar

As celebrações públicas da Semana Santa regressam em abril a Porto de Mós, após dois anos de interregno devido à pandemia, como “mote para a comunidade voltar à vida social e coletiva”, revelou o município.

“Numa perspetiva mais cultural”, a autarquia “convida a população a envolver-se ativamente na Semana Santa, através da participação nos concertos, na elaboração do tapete de flores e nas recriações bíblicas como figurantes, para as quais já decorrem as inscrições”.

O programa, de 9 a 17 de abril, arranca o Domingo de Ramos, com a recriação da entrada de Jesus em Jerusalém, sobre um tapete florido de quase 50 metros, entre a ponte de São Pedro e a igreja matriz da vila.

Ao longo da semana, a Igreja de São Pedro é palco de encontros culturais, com destaque para o drama musical “Cantata da Ressurreição”, de Amadeu de Oliveira & Convidados, “Missa Brevis de Jacob Haan”, pelo Coro do Órfeão de Leiria, no âmbito do 40º Festival de Música em Leiria 2022, e “Cantos da Quaresma”, por César Prata e Sara Vidal.

Na Sexta-feira Santa, a recriação da Via Sacra é o momento alto das celebrações. Um grupo de atores profissionais e amadores, sob coordenação do Grupo de Teatro Leirena, faz a recriação do momento da condenação à morte de Jesus Cristo, com início na Igreja de São Pedro e fim no Castelo de Porto de Mós.

A par com a realização da Semana Santa, em parceria com a Paróquia de Porto de Mós, responsável pela componente religiosa do programa, decorrem o Festival Gastronómico do Cabrito e do Borrego, e o Festival do Folar.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.