Assinar
Batalha Exclusivo

Alunos e idosos escrevem-se e trocam histórias por carta

Para os intervenientes neste projeto, o papel manuscrito, envolvido num envelope e entregue ao destinatário, revelou-se um mundo de pequenas surpresas

A troca de correspondência arrancou em finais de janeiro

Os mais velhos são utentes da Residência Nossa Senhora da Vitória. Os mais novos, são alunos do secundário (10º e 11º anos)do Agrupamento de Escolas da Batalha. E trocam carinho por correspondência. Ou, dito de outro modo, trocam cartas. Sim, cartas, de papel.