Assinar
Sociedade

Dezenas de iniciativas marcam aniversário do dia regado com cravos e liberdade

Deixamos um roteiro por alguns dos eventos que marcam as comemorações do 48º aniversário do 25 de Abril.

À semelhança do que costuma acontecer todos os anos, vários concelhos do distrito de Leiria dinamizam conferências, cerimónias, concertos e atividades lúdicas e pedagógicas para assinalar o dia em que a população saiu à rua para instaurar a democracia em Portugal.

Este ano, os eventos voltam a ser presenciais e como o programa é extenso, deixamos um roteiro com algumas sugestões, maioritariamente gratuitas.

23 de abril

O Museu do Casal de Monte Redondo (Leiria) acolhe, a partir das 15h30, uma sessão de debate sobre o papel das mulheres na luta pela liberdade, abrindo espaço para uma reflexão sobre as conquistas de Abril. “Mulheres & Liberdade” pretende fomentar o diálogo intergeracional e aprofundar o papel das mulheres na atualidade.

Na Praça Stephens, na Marinha Grande, a tarde é animada por vários concertos alusivos ao 25 de Abril: da Orquestra Ligeira Amieirinhense com a Tum’Acanénica, do Politécnico de Leiria (às 15 horas); do Rancho Folclórico de Picassinos (às 17h30) e da banda Taramela (às 22 horas). Mais informações aqui.

Em Porto de Mós, Andresa Olímpio dinamiza uma ronda de leitura para a comunidade, junto à capela de Santo António. A atividade começa às 15h30 e a participação é gratuita, mediante inscrição prévia através do 244 499 653.

Ana Cristina Luz apresenta o livro “A Festa dos Cravos”, na Ludoteca Municipal de Leiria, pelas 16 horas.

O Teatro Miguel Franco, em Leiria, recebe o concerto “Canções de Poetas” por Vitorino, no âmbito do Ronda Leiria Poetry (às 18 horas). Os bilhetes custam 10 euros e estão disponíveis aqui.

O Teatro-Cine de Pombal acolhe um concerto tributo a Zeca Afonso, Sérgio Godinho e outros artistas emblemáticos da Revolução de Abril. Participação do Coro Infantil e Juvenil de Santiago e São Simão de Litém e Albergaria dos Doze, e da Orquestra da Tuna Académica de Coimbra (às 21 horas).

No Fórum da Parreirinha, em Peniche, é inaugurada às 21 horas a projeção multimédia “Peniche é Abril”. Fica até 1 de maio. Mais informações aqui.

24 de abril

A Praça Stephens, na Marinha Grande, recebe vários momentos musicais. Destaque para o concerto dos Quatro e Meia, às 22 horas, e a passagem do tema “Grândola Vila Morena” de Zeca Afonso e do hino nacional, pouco antes das 24 horas. As celebrações continuam pela madrugada adentro.

Em Porto de Mós, a data é assinalada com o espetáculo de teatro e música “Até amanhã liberdade”, encenado pela companhia Rituais Dell Arte. Às 21h30 no cineteatro da vila (entrada gratuita).

No Teatro Eduardo Brazão, no Bombarral, é inaugurada às 21 horas a exposição fotográfica “Fotos dos dias seguintes ao 25 de Abril de 1974”. Pelas 22 horas, são dinamizadas tertúlias sobre a repressão no Estado Novo e às 24 horas, há “música nas conversas” com Emanuel Casimiro.

O Coro Municipal Marquês de Pombal junta-se a músicos locais para interpretar no Teatro-Cine de Pombal temas emblemáticos da Revolução de Abril (às 21 horas).

Cantigas de abril são interpretadas por Joana de Oliveira (na voz), Duarte Dias e Tiago da Neta (na guitarra) no Auditório Municipal Casa da Música, em Óbidos, às 21h30. A entrada é livre.

O Fórum da Parreirinha, em Peniche, é palco do concerto “Canções de Abril” pela banda Miosótis (às 22 horas).

25 de abril

Durante a manhã, vários municípios realizam as habituais cerimónias oficiais, como o hastear da bandeira e a sessão solene evocativa do 25 de Abril.

Em Alcobaça, tem início às 10h30 uma caminhada de sete quilómetros em prol da liberdade. O ponto de encontro é na Praça 25 de Abril.

O Parque da Cerca, na Marinha Grande, é palco de inúmeras atividades desportivas e de lazer, para miúdos e graúdos. Trata-se da 15ª edição da Criativ(a)rte, que acontece durante todo o dia. Ver programa completo aqui.

Porto de Mós recebe às 15h30 a apresentação da peça de teatro infanto-juvenil “Literaturinha: Romance do 25 de Abril”, pela companhia Teatromosca.

O GICA (Grupo de Intervenção Cultural e Artística do Agrupamento de Escolas de Figueiró dos Vinhos) apresenta a peça de teatro “Antes de Abril de 74”. Às 16 horas na Casa da Cultura de Figueiró dos Vinhos.

O Veggie Rock Café, em Vieira de Leiria, acolhe o concerto tributo a Zeca Afonso do grupo Índios da Meia Praia (16 horas).

O Teatro Miguel Franco, em Leiria, recebe às 16 horas uma sessão solene, que encerra com “Temas da Liberdade” pelo coro infantil da Academia Coral Mezzo.

A Banda da Armada protagoniza um concerto especial no Teatro-Cine de Pombal, pelas 17 horas.

O Cineteatro da Nazaré acolhe o concerto “Fado Liberdade – Fado Improvável”, que junta em palco o violinista Nuno Santos, João Silva, na viola; Joel Madeira, no contrabaixo, e Ricardo Silva, na guitarra portuguesa (às 17 horas). Consulte aqui o programa completo do Município da Nazaré para assinalar a data.

Pelas 17h30, é inaugurada a exposição “Figurinos” de Margarida Herdade Lucas no Museu e Centro de Artes de Figueiró dos Vinhos.

O Teatro Municipal de Ourém recebe às 18h30 espetáculo “Retratos de Liberdade”, pela Sociedade Filarmónica Ouriense, pelo quarteto Tomar-lhe o Gosto e pelo Ouriensemble. Fique a par de toda a programação prevista no concelho de Ourém aqui.

No Sport Operário Marinhense, elementos da comunidade apresentam às 21 horas o espetáculo “Cantar e dizer Abril”.

Os UHF sobem ao palco do Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, para apresentar o espetáculo “Herança dos Andarilhos”, numa homenagem a Zeca Afonso (21h30). Espetáculo integrado no Ronda Leiria Poetry Festival.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.