Assinar
Cultura

Museu de Leiria festeja 105 anos com ciclo de concertos para 105 espectadores

A 15 de Maio, o cantautor brasileiro Luca Argel atua na Sala do Capítulo.

Um ciclo de concertos simbolicamente limitado a 105 espectadores assinala, ao longo de 2022, os 105 anos do Museu de Leiria, anunciou a Omnichord, responsável pela programação em coprodução com a instituição municipal.

“Capítulo” é o título do conjunto de três episódios musicais que vai decorrer entre abril e novembro na Sala do Capítulo do antigo convento onde está instalado o Museu, “explorando vários géneros e geografias”, avançou Hugo Ferreira, da Omnichord, que promete estrear em Leiria “propostas que ajudam a mapear o que se vai fazendo e como se vai fazendo no seio da criação musical em Portugal”.

Cachorro Sem Dono, a nova criação de DJ Stereossauro e do saxofonista Cabrita, abriu o ciclo, no domingo.

Em 15 de maio, antecipando o Dia Internacional dos Museus, o cantautor brasileiro radicado em Portugal, Luca Argel, apresenta-se a solo na Sala do Capítulo com um espetáculo baseado no seu último disco, “Samba de Guerrilha”.

Na véspera do aniversário do Museu de Leiria, em 13 de novembro, “Capítulo” encerra com os Club Makumba, formação que junta Tó Trips, João Doce, Gonçalo Prazeres e Gonçalo Leonardo.

O Museu de Leiria foi fundado a 15 de novembro de 1917, enquanto Museu Regional de Obras de Arte, Arqueologia e Numismática de Leiria, estando instalado no Convento de Santo Agostinho desde 2015.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.